Após uma pausa de pouco mais de um mês sem eventos, o UFC abre os trabalhos em 2021 neste sábado (16), com sua terceira passagem pela “ilha da luta”, em Abu Dhabi (EUA). No duelo principal do UFC Fight Island 7, Max Holloway (21-6-0), ex-campeão e atual líder do ranking peso-pena, enfrenta o sexto colocado, Calvin Kattar (22-4-0). O evento, vale citar, tem início previsto para 14h (horário de Brasília), com o card preliminar.

Considerado um dos melhores atletas da divisão, o havaiano Holloway possui três recordes dentro do peso pena: maior número de nocautes ou finalizações, maior número de vitórias e maior sequência de vitórias. Durante seu período como campeão, entre 2017 e 2019, venceu de forma dominante adversários como José Aldo, Frankie Edgar e Brian Ortega. Em sua última luta, uma revanche contra o atual campeão Alexander Volkanovksi, “Blessed” foi superado por decisão dividida. Uma vitória neste sábado pode valer o title shot.

Do outro lado do octógono estará Calvin Kattar, que encara o duelo como a principal luta da sua carreira. Favorito dos fãs e um grande striker, o americano subiu na categoria depois de conquistar nocautes sobre Shane Burgos, Ricardo Lamas e Jeremy Stephens. Além de entrar no Top 5 dos penas – em caso de triunfo -, Kattar espera manter a sua invencibilidade na “ilha da luta”. O atleta protagonizou um dos quatro eventos durante a primeira passagem do UFC pela Yas Island, em julho, e venceu Dan Ige por decisão unânime.

Argentino ‘gente boa’ de volta

Um favorito dos fãs brasileiros, o argentino Santiago Ponzinibbio (28-3-0) está de volta ao Ultimate. Depois de mais de dois anos afastado por conta de problemas de saúde, o peso-meio-médio, que participou da segunda temporada do TUF Brasil, espera retomar a boa fase que vivia até ter de se afastar do octógono. Santiago vem em uma sequência de sete vitórias, que inclui triunfos sobre nomes como Neil Magny, Mike Perry e Gunnar Nelson. Seu oponente será o chinês Li Jingliang (17-6-0), que vem de derrota  para Magny.

Brasileiros entram em ação

O peso-pesado Carlos Boi (9-1-0) e a peso-galo Vanessa Melo (10-8-0) serão os representantes brasileiros no primeiro evento do UFC em 2021. Natural de Feira de Santana, na Bahia, Boi vai para o seu terceiro embate na Yas Island. O atleta estreou na maior organização de MMA do mundo em julho, na primeira edição da “ilha da luta”, mas acabou sendo superado por pontos por Sergey Spivak. Três meses depois, em outubro, na segunda passagem do UFC por Abu Dhabi, teve a oportunidade de se recuperar e conquistou sua primeira vitória – por pontos sobre Yorgan de Castro. Assim como Carlos, seu oponente Justin Tafa (4-1-0) também tem uma vitória e uma derrota no evento, e recentemente foi superado pelo cubano De Castro.

A peso-galo Vanessa Melo também já conhece a “ilha da luta” do Ultimate. Em sua última aparição, em julho, ela acabou sendo derrotada pela compatriota Karol Rosa por decisão unânime. Natural de São Paulo, Vanessa ainda busca a sua primeira vitória no UFC. Sua adversária neste sábado pode ser considerada uma veterana na organização. Contratada em 2014, Sarah Moras (6-7) possui três vitórias e cinco derrotas no UFC.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Island 7
Ilha da Luta, em Abu Dhabi (EAU)
Sábado, 16 de janeiro de 2021

Card principal 
Max Holloway derrotou Calvin Kattar por decisão unânime dos jurados
Carlos Condit derrotou Matt Brown por decisão unânime dos jurados
Li Jingliang derrotou Santiago Ponzinibbio por nocaute no 1R
Alessio Di Chirico derrotou Joaquin Buckley por nocaute no 1R
Punahele Soriano derrotou Dusko Todorovic por nocaute técnico no 1R

Card preliminar 
Joselyne Edwards derrotou Wu Yanan por decisão unânime dos jurados
Carlos Boi derrotou Justin Tafa por decisão dividida dos jurados
Ramazan Emeev derrotou David Zawada por decisão dividida dos jurados
Vanessa Melo derrotou Sarah Moras por decisão unânime dos jurados
Austin Lingo derrotou Jacob Kilburn por decisão unânime dos jurados