Parceiro de treinos de Conor McGregor, o faixa-preta Dillon Danis faz parte de toda provocação que envolve o irlandês e o russo Khabib Nurmagomedov, atual campeão dos leves do Ultimate e o primeiro colocado no ranking peso-por-peso. Inclusive, na briga generalizada que aconteceu no UFC 229, em outubro de 2018, “The Eagle” pulou do octógono após finalizar o desafeto “Notorious” justamente para tirar satisfações com Danis.

McGregor pediu diversas vezes ao UFC e esperou pela revanche, mas Khabib anunciou aposentadoria do MMA em outubro passado, logo depois de superar Justin Gaethje em Abu Dhabi (EAU). O futuro do peso-leve ainda é incerto. Há quem acredite, como Dana White, presidente da franquia, que “The Eagle” possa retornar.

Durante participação no podcast Full Send, Danis disse que venceria um eventual duelo contra Khabib no grappling – especialidade dos dois atletas: “No grappling direto? Ah, vamos lá. Sim, é um trabalho fácil, vamos lá. Todo mundo sabe disso. No entanto, essa não é minha luta. É a luta de Conor”, disparou o jovem.

Danis tem contrato assinado com o Bellator e registra apenas duas apresentações no MMA profissional. Em ambas, o lutador de 27 anos finalizou seus oponentes. “El Jefe” ainda não tem combate marcado para 2021.