* A família Figueiredo ganhou mais um membro no Ultimate. Irmão de Deiveson Figueiredo, atual campeão peso-mosca da organização, Francisco Figueiredo vai fazer sua estreia na companhia nesta quarta-feira (20), diante do americano Jerome Rivera, no UFC Fight Island 8, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Com 31 anos de idade – dois a menos em relação ao irmão -, Francisco possui um cartel de 11 vitórias (sendo sete delas por finalização) e apenas três derrotas no MMA profissional. O paraense de Soure fez sua estreia na modalidade em 2009 e tem como ponto alto da carreira até agora a conquista do cinturão interino peso-galo do Jungle Fight, em 2018, considerada uma das principais organizações de MMA da América Latina. Agora contratado pelo UFC, o “Sniper” tem em mente fazer história junto com Deiveson, e para isso, quer impressionar já em seu debute, na “ilha da luta”, conforme revelou em entrevista à TATAME.

“Meu irmão (Deiveson) estava viajando, mas temos muitos treinadores qualificados em nossa equipe. Uma metade do camp eu fiz com ele (Deiveson), outra em Belém com os nossos treinadores. Treinamos perfeitamente para essa luta, estou pronto para lutar em qualquer área. Fiz bastante preparação física também, porque acho que isso é muito importante para competir em alto nível. Vou entrar para lutar e pegar essa grana (bônus de Performance ou Luta da Noite)”, projetou Francisco, dizendo ainda o que espera do duelo diante de Rivera, que estreou no Ultimate em setembro do ano passado, com revés para Tyson Nam.

“Eu vou enquadrá-lo. Quero tentar nocautear, mas se ele me botar pra baixo, vou finalizar. Podem esperar um novo campeão. Não estou indo para ser mais um no UFC, quero dar show junto com o meu irmão. Esperem um cara sempre bem treinado e pronto para lutar”, falou o atleta, que vai atuar no mesmo peso de Deiveson.

O orgulho e inspiração em Deiveson Figueiredo ficam evidentes a partir do momento em que Francisco se refere ao irmão mais velho. E apesar de ambos estarem na mesma categoria agora, a intenção, futuramente, é que o “Deus da Guerra” suba para o peso galo em busca de um segundo cinturão, à medida que Francisco for se aproximando do título nos moscas. Com os planos bem definidos e pronto para executá-los junto ao seu irmão, o “Sniper” falou sobre a relação de respeito que existe entre os dois.

“Ele é um cara campeão, chegou ao topo, então tenho que escutar muito o que ele tem para falar, pegar os ‘macetes’ que ele fez. Escuto muito ele, a gente pensa muito igual também. Ele é um cara inteligente. Nós somos adaptáveis a cada rival. Podemos brigar, movimentar ou colocar pra baixo. Tenho aprendido muito”.

CARD COMPLETO:

UFC Fight Island 8
Ilha da Luta, em Abu Dhabi (EAU)
Quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Card principal (14h, horário de Brasília)
Peso-meio-médio: Michael Chiesa x Neil Magny
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Mounir Lazzez
Peso-meio-pesado: Ike Villanueva x Vinícius Mamute
Peso-mosca: Roxanne Modafferi x Viviane Araújo
Peso-mosca: Matt Schnell x Tyson Nam
Peso-pena: Lerone Murphy x Douglas D’Silva

Card preliminar (11h, horário de Brasília)
Peso-médio: Omari Akhmedov x Tom Breese
Peso-galo: Ricky Simon x Gaetano Pirrello
Peso-mosca: Su Mudaerji x Zarrukh Adashev
Peso-médio: Dalcha Lungiambula x Markus Maluko
Peso-mosca: Francisco Figueiredo x Jerome Rivera
Peso-leve: Mike Davis x Mason Jones
Peso-pena: Umar Nurmagomedov x Sergey Morozov
Peso-mosca: Victoria Leonardo x Manon Fiorot

* Por Yago Rédua