Após passar o ano de 2020 sem realizar eventos por conta da pandemia de Covid-19, a PFL (Professional Fighters League) está pronta para retomar suas atividades. Na última terça-feira (9), a organização anunciou os nomes que estão confirmados nas disputas dos GPs peso-pesado masculino e peso-pena feminino. Vale ressaltar que, anteriormente, a companhia já havia listado os atletas que vão entrar em ação nos torneios válidos pelas categorias peso-pena, leve, meio-médio e meio-pesado. Se a PFL repetir o que fez nas edições anteriores, os campeões de cada GP vão receber o prêmio de 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5.4 milhões).

A divisão dos pesados tem como grande destaque a chegada de Fabrício Werdum, ex-campeão do UFC. Além do “Vai Cavalo”, outros dois brasileiros, Renan “Problema” Ferreira e Bruno Cappelozza, vão brigar pelo título. Já na divisão peso-pena feminino, a atual campeã – e invicta – Kayla Harrison defenderá seu cinturão com duas brasileiras como concorrentes: Larissa Pacheco e Mariana Morais. Larissa, por sinal, foi a finalista da última temporada, em 2019, sendo derrotada por Kayla na decisão unânime dos jurados após cinco rounds.

 

A categoria meio-pesado tem a presença do ex-UFC Cezar Mutante, assim como o experiente Chris Camozzi, que vão tentar desbancar o campeão Emiliano Sordi. Nos meio-médios, o atual detentor do título, Ray Cooper III, vai ter Rory MacDonald – ex-campeão do Bellator – como principal concorrente, bem como o brasileiro João Zeferino. Nos leves, o bicampeão do torneio e atual campeão, Natan Schulte, lidera o GP, que terá também a presença de Anthony Pettis, ex-campeão do UFC nos 70kg. Na divisão dos penas, o brasileiro Sheymon Moraes, também ex-UFC, vai em busca do cinturão que hoje pertence ao americano Lance Palmer.

Confira todos os nomes confirmados pela PFL até agora:

> GP peso-pesado – início no dia 6 de maio
Ali Isaev (atual campeão) – Rússia
Fabrício Werdum – Brasil
Mohammed Usman – Nigéria
Justin Willis – Estados Unidos
Denis Goltsov – Rússia
Renan Ferreira – Brasil
Hatef Moeil – Alemanha
Brandon Sayles – Estados Unidos
Ante Delija – Croácia
Bruno Cappelozza – Brasil

> GP peso-meio-pesado – início no dia 29 de abril
Emiliano Sordi (atual campeão) – Argentina
Chris Camozzi – Estados Unidos
Tom Lawlor – Estados Unidos
Jordan Young – Estados Unidos
Smealinho Rama – Canadá
Jordan Johnson – Estados Unidos
Marthin Hamlet – Noruega
Dan Spohn – Estados Unidos
Cezar Mutante – Brasil

> GP peso-meio-médio – início no dia 29 de abril
Ray Cooper III (atual campeão) – Estados Unidos
Rory MacDonald – Canadá
Magomed Magomedkerimov – Rússia
Sadibou Sy – Suécia
João Zeferino – Brasil
David Michaud – Estados Unidos
Nikolai Aleksakhin – Rússia

> GP peso-leve – início no dia 23 de abril
Natan Schulte (atual campeão) – Brasil
Anthony Pettis – Estados Unidos
Loik Radzhabov – Tajiquistão
Olivier Aubin-Mercier – Canadá
Clay Collard – Estados Unidos
Marcin Held – Polônia
Johnny Case – Estados Unidos
Akhmed Aliev – Rússia
Joilton Lutterbach – Alemanha
Mikhail Odintsov – Bielorrússia

> GP peso-pena – início no dia 23 de abril
Lance Palmer (atual campeão) – Estados Unidos
Bubba Jenkins – Estados Unidos
Brendan Loughnane – Reino Unido
Movlid Khaybulaev – Rússia
Jo Sungbin – Coreia do Sul
Sheymon Moraes – Brasil
Tyler Diamond – Estados Unidos
Jason Soares – Estados Unidos

> GP peso-pena feminino – início no dia 6 de maio
Kayla Harrison – Estados Unidos
Mariana Morais – Brasil
Genah Fabian – Austrália
Cindy Dandois – Bélgica
Larissa Pacheco – Brasil
Laura Sanchez – Estados Unidos
Olena Kolesnyk – Ucrânia
Julija Pajic – Sérvia