Ex-campeão meio-pesado do UFC, Jon Jones não sabe quando e nem exatamente contra quem será sua estreia na categoria dos pesados, no entanto, recebeu uma notícia animadora nesta sexta-feira (12). Isso porque Dana White, presidente do Ultimate, revelou que “Bones” vai enfrentar o vencedor do confronto entre Stipe Miocic e Francis Ngannou, que vão disputar o cinturão dos 120kg no dia 27 de março, em Las Vegas (EUA), em combate válido pelo card do UFC 260.

“Nós sabemos o que (Jon) Jones quer. Ele quer o vencedor de Miocic x Ngannou, então essa luta tem que acontecer primeiro. Deve acontecer este ano. Depende se aquela luta entre Miocic e Ngannou acontece antes do verão. Poderíamos ter Jones contra o vencedor no verão”, disse Dana ao site “TMZ Sports”. Vale ressaltar que o verão no hemisfério norte ocorre entre os meses de junho e setembro.

Atualmente com 33 anos e um cartel de 26 vitórias e apenas uma derrota no MMA profissional, Jon Jones não luta desde fevereiro do ano passado, quando derrotou Dominick Reyes por decisão unânime no UFC 247. Desde que decidiu migrar para a categoria dos pesados, o americano já lançou desafios justamente a Francis Ngannou e ao atual campeão Stipe Miocic.

Dana projeta trilogia entre Poirier e McGregor ainda em 2021

Dustin Poirier e Conor McGregor levaram pouco mais de seis anos para realizarem a revanche, que aconteceu no dia 23 de janeiro, no UFC 257, e teve a vitória de Poirier por nocaute técnico no segundo round. Todavia, ao que tudo indica, a “trilogia” entre os lutadores não levará muito tempo para ocorrer. Em entrevista à ESPN americana, Dana White revelou que, tendo em vista a vontade de ambos os atletas, pretende casar a terceira luta entre Poirier e McGregor no segundo semestre deste ano.

“Bem, quando você tem dois caras que estão em suas posições – Dustin é o cara classificado em primeiro lugar no ranking peso-leve, e você tem Conor, que está em sexto lugar, e eles querem a trilogia, você tem que tornar isso possível. Provavelmente, vamos tentar travar essa luta neste verão (americano, segundo semestre de 2021)”, declarou o mandatário, ressaltando logo na sequência que espera ver McGregor mais motivado para o duelo, levando-se em conta que foi nocauteado por Poirier.

“Se você olhar para Conor, se você olhar a maneira como ele lutou, os chutes nas pernas que ele estava recebendo, a postura que ele apresentou, ele estava completamente esquecido de Dustin Poirier. Não estou tirando nada de Poirier, não estou desmerecendo, mas quando você chega em um super iate (em Abu Dhabi) e está vivendo a vida que Conor vive, você precisa estar com apetite. Não importa como você venceu Dustin Poirier na primeira vez, esse não é o mesmo cara que você vai enfrentar, e obviamente Poirier treinou para essa revanche como se fosse a luta mais importante da vida dele. Acho que a parte boa da trilogia é que McGregor está com mais fome do que nunca, ele quer essa luta de novo, quer muito, então será uma terceira luta divertida”, projetou Dana.