Aconteceu no último sábado (20), em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, a segunda edição do Serra BJJ Confere. O evento de Jiu-Jitsu reuniu grandes nomes da arte suave local e jovens promissores – com diversas lutas casadas nas faixas coloridas. Ao todo, foram duas disputas de cinturão. Na luta principal, o faixa-preta Eli Brás conquistou o título após superar Pablo Campos por 2 a 0 nos pontos. Já no co-main event, Roger Takayas derrotou Rafael Simões na decisão dos árbitros, após um combate bastante disputado.

Outros destaques foram a jovem Manu Amorim, faixa-amarela, que venceu Maria Luiza por 11 a 0. Já o faixa-azul Romário dos Santos finalizou Igor Pereira com uma chave de braço. Na faixa-marrom, o duelo que teve a vitória João Miguel sobre Guilherme Cabral foi considerado um dos melhores combates do evento. Aos 45 anos, Maurício dos Santos mostrou um ritmo forte para bater Tiago de Carvalho por 4  a 2 na faixa-preta.

Organizador do Serra BJJ Confere, Diego Vasconcellos fez um balanço sobre a segunda edição: “Este card foi muito bom e tivemos duas disputas de cinturão, uma delas entre dois jovens atletas de Petrópolis (Eli Brás e Pablo Campos) que com certeza chegarão nas cabeças. Destacamos também a transmissão ao vivo, que nesta segunda edição contou com uma equipe de primeira de profissionais e pudemos proporcionar ao público um evento melhor”, disse o idealizador, que seguiu e já projetou a terceira edição do evento:

“Devido ao grande sucesso desta segunda edição, já estamos nos programando para uma terceira edição. Fiquem ligados nas nossas redes sociais que em breve divulgaremos a data. Aos atletas que desejam participar, assim que sair a data, vamos disponibilizar um link para receber os currículos”, concluiu Diego.

 


CONFIRA OS RESULTADOS:

Serra BJJ Confere 2
Petrópolis, no Rio de Janeiro
Sábado, 20 de fevereiro de 2021

Eli Brás derrotou Pablo Campos por 2 a 0 nos pontos
Roger Takayas derrotou Rafael Simões por decisão da arbitragem
Ruan Quitanilha derrotou Léo Beck por 2 a 0 nos pontos
Tiago 22 finalizou Paulo Vitor com uma chave de pé
Maurício dos Santos derrotou Tiago de Carvalho por 4 a 2 nos pontos
Wallace Francisco derrotou Elton Santos por uma vantagem
João Miguel derrotou Guilherme Cabral por decisão da arbitragem
Francisco Corisco derrotou Rafael Gamarra por decisão da arbitragem
Ravel Ventura derrotou Willian Diniz por 2 a 0 nos pontos
Renato Bravo derrotou Vagner de Jesus por 3 a 0 nos pontos
Chris Barbosa derrotou Bruno dos Santos por 9 a 0 nos pontos
Felipe Jesuíno finalizou Marcelo Perico com um triângulo
Romário dos Santos finalizou Igor Pereira com uma chave de braço
Kety Costa derrotou Kamily Takayas por 2 a 0 nos pontos
Enzo Azara finalizou Ícaro Dias com um estrangulamento
Tiago Paes finalizou Carlos Eduardo com um estrangulamento
Manu Amorim derrotou Maria Luiza por 11 a 0 nos pontos