Ao derrotar o compatriota Thiago Marreta, em novembro do ano passado, Glover Teixeira se credenciou como um dos principais postulantes à disputa de título na categoria meio-pesado do UFC. No entanto, logo depois, o brasileiro foi pego de surpresa com a notícia de que Jan Blachowicz, atual campeão da divisão, defenderia o cinturão contra Israel Adesanya, detentor do título dos médios, na luta principal do UFC 259, marcado para acontecer no dia 9 de março, em Las Vegas (EUA). Depois da frustração, o experiente atleta recebeu nos últimos dias uma informação que pode lhe dar esperanças de lutar pela cinta dos 93kg.

Atualmente com 41 anos, Glover revelou ao site MMA Fighting que será o reserva imediato no combate entre Blachowicz e Adesanya. Por conta disso, o mineiro vai precisar seguir à risca a programação recomendada pelo Ultimate e, assim como polonês e o nigeriano, precisará bater o peso da divisão dos meio-pesados.

“Vou ser o reserva (da luta entre Jan Blachowicz e Israel Adesanya) e terei que ir lá e bater o peso”, declarou.

Vale ressaltar que Glover Teixeira é, atualmente, o primeiro colocado no ranking meio-pesado do UFC, atrás somente do campeão Jan Blachowicz. O brasileiro vem embalado por cinco vitórias consecutivas, sobre Karl Roberson, Ion Cutelaba, Nikita Krylov, Anthony Smith e Thiago Marreta, e já disputou o cinturão dos 93kg em uma ocasião, mais precisamente no ano de 2014, quando foi derrotado por Jon Jones na decisão unânime.