Na reta final de sua carreira, Alistair Overeem, aos 40 anos, vinha dizendo que estava em sua última “corrida” rumo ao cinturão peso-pesado. Com duas vitórias, o holandês mantinha firme o sonho, mas não contava com um inspirado Alexander Volkov, que com uma boa atuação na luta em pé, o nocauteou no segundo round. A luta foi a principal do UFC Vegas 18, realizado neste sábado (6), em Las Vegas, nos Estados Unidos.

No co-main event, Cory Sandhagen mostrou o motivo de estar entre os mais cotados para uma futura disputa de título no peso galo. Diante do experiente Frankie Edgar, o lutador impressionou a todos ao aplicar uma joelhada voadora espetacular, que pegou em cheio no queixo de Edgar e o fez apagar no mesmo instante. O impressionante nocaute, em apenas 28 segundos, representou a segunda vitória seguida de Sandhagen no Ultimate, o colocando de vez como um dos próximos favoritos para enfrentar o campeão.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc)

O card do UFC Vegas 18 contou ainda com cinco brasileiros em ação, e o retrospecto foi bastante positivo, com quatro deles saindo vencedores. Lara Procópio, Karol Rosa, Danilo Marques e Alexandre Pantoja derrotaram Molly McCann, Joselyne Edwards, Mike Rodriguez e Manel Kape, respectivamente. Por outro lado, Carlos Diego Ferreira, apesar da boa atuação, acabou sendo superado por Beneil Dariush na decisão.

Volkov nocauteia e põe fim à boa fase de Overeem

Já nos primeiros segundos, Alexander Volkov aplicou um chute forte, seguido de alguns socos, e levou Alistair Overeem a se encolher. O russo, com maior envergadura, tomava o centro do cage e pressionava Overeem contra a grade, enquanto o holandês buscava o contragolpe. Porém, ele foi surpreendido por mais um bom momento de “Drago”, que com uma sequência de golpes, terminou o primeiro round superior.

Alexander manteve o ímpeto ofensivo no segundo assalto e, sem maiores dificuldades, foi ferindo Overeem, que já mostrava muito desgaste. Uma nova sequência de socos por parte do russo decretou o ponto final do da luta, com Alistair caído, sem condições de prosseguir. Com o triunfo por nocaute, Volkov soma seu segundo resultado positivo em sequência, enquanto o veterano holandês voltou a perder após duas vitórias.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc)

Pantoja derrota Manel Kape e volta a vencer no UFC

Mostrando agilidade, Alexandre Pantoja e Manel Kape optaram por começar o confronto na trocação à média distância, com uma leve vantagem para o brasileiro, que enquadrou o angolano – ex-campeão do evento RIZIN FF – contra a grade em alguns momentos e conectou bons golpes. O atleta natural de Arraial do Cabo (RJ) se mostrou seguro no segundo round e seguiu superior na trocação, com muita rapidez nos golpes conectados, enquanto Manel, apesar da boa movimentação, não conseguia desenvolver seu jogo por inteiro.

O roteiro seguiu o mesmo no último assalto. Alexandre Pantoja, concentrado, não ligou para as provocações do angolano e seguiu à risca sua estratégia, golpeando com precisão e se movimentando a todo instante pelo octógono. Nos últimos segundos, Kape partiu pra cima, mas o brasileiro controlou o ímpeto do oponente até o fim e saiu com o triunfo na decisão unânime dos jurados, recuperando-se do revés para Askar Askarov.

Dariush vence revanche contra Diego Ferreira

Carlos Diego Ferreira e Beneil Dariush começaram a luta de forma agitada, tanto em pé quanto no chão. Ao tentar uma queda de “sacrifício”, o brasileiro caiu por baixo e viu seu adversário conseguir bons golpes no ground and pound. O duelo voltou para a trocação nos últimos segundos, com ambos acertando mais uma sequência de bons socos na média distância. No segundo round, notando que Diego Ferreira estava melhor em pé, Dariush retornou a derrubá-lo, mas o amazonense mostrou um bom trabalho por baixo.

No terceiro assalto, ao contrário dos rounds anteriores, a luta se desenrolou na trocação, e o que se viu foi equilíbrio de ambas as partes. No fim, após três rounds e um confronto de altíssimo nível, quem levou a melhor foi Dariush, que na decisão dividida dos jurados, voltou a superar Diego Ferreira, assim como em 2014.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc)

Danilo Marques tem boa atuação e finaliza rival

Danilo Marques iniciou o confronto buscando a luta agarrada, colocando Mike Rodriguez contra a grade. Com boa técnica, o brasileiro conseguiu a queda e mostrou bom domínio ao longo do primeiro round. Com sua estratégia bem traçada, o paulista levou o duelo para o solo novamente no segundo assalto, dessa vez em posição mais confortável para golpear no ground and pound. Nos segundos finais, Danilo conseguiu a transição para as costas e, mostrando muita técnica, encaixou um mata-leão, apagando o americano e forçando a interrupção do árbitro. Com o resultado, Danilo segue invicto no UFC, com duas vitórias seguidas.

Karol Rosa soma terceiro triunfo em sequência

Sem perder tempo, Karol Rosa iniciou a luta derrubando Joselyne Edwards. Com muita técnica, a brasileira foi golpeando no ground and pound, impedindo qualquer ação da adversária. Na sequência, Karol conseguiu a montada, mas mostrando agilidade, Edwards se levantou. No segundo round, a capixaba conseguiu dois bons chutes em sequência, que fizeram a panamenha sentir. Na metade da parcial, a lutadora da PRVT Girls aplicou nova queda e acertou mais golpes no ground and pound até o soar do gongo encerrando.

Bem atenta e ágil, Karol Rosa conseguiu, mais uma vez, derrubar Joselyne nos primeiros segundos do terceiro round. O combate voltou a ficar em pé, mas rapidamente a brasileira pressionou a panamenha contra a grade e, já nos minutos finais, levou o confronto para o solo, onde administrou sua vantagem até o fim. Com isso, a capixaba saiu vitoriosa por unanimidade e emplacou o seu terceiro triunfo seguido na organização.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc)

Lara Procópio conquista primeira vitória no UFC

Logo nos primeiros segundos, Molly McCann partiu para a trocação e acertou bons golpes, assim como Lara Procópio. Na sequência, a brasileira tentou levar a luta para o chão e, depois de muito insistir, aplicou uma bela queda e mostrou boa movimentação, chegando quase a finalizar no término do primeiro round. No segundo assalto, Lara conseguiu novamente levar o duelo ao solo, mas foi surpreendida por um armlock aplicado pela inglesa. Procópio defendeu e, antes do fim da parcial, derrubou a oponente novamente.

A mineira manteve sua estratégia e, no terceiro e último round, aplicou nova queda, tentando uma chave de calcanhar na sequência, que por pouco não foi encaixada. A atleta da Nova União, então, fez a transição para as costas e pressionou McCann até o fim do combate. A superioridade na luta agarrada foi determinante e Lara Procópio saiu vencedora na decisão unânime dos jurados, conquistando seu primeiro triunfo no Ultimate.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc)

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 18
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 6 de fevereiro de 2021

Card principal
Alexander Volkov derrotou Alistair Overeem por nocaute no 2R
Cory Sandhagen derrotou Frankie Edgar por nocaute no 1R
Clay Guida derrotou Michael Johnson por decisão unânime dos jurados
Alexandre Pantoja derrotou Manel Kape por decisão unânime dos jurados
Beneil Dariush derrotou Carlos Diego Ferreira por decisão dividida dos jurados
Danilo Marques finalizou Mike Rodriguez com um mata-leão no 2R

Card preliminar
Devonte Smith derrotou Justin Jaynes por nocaute técnico (interrupção médica) no 2R
Karol Rosa derrotou Joselyne Edwards por decisão unânime dos jurados
Lara Procópio derrotou Molly McCann por decisão unânime dos jurados
Seung Woo Choi derrotou Youssef Zalal por decisão unânime dos jurados
Timur Valiev derrotou Martin Day por decisão unânime dos jurados
Ode Osbourne derrotou Jerome Rivera por nocaute no 1R