Ana Schmitt cita desafios de administrar academia durante a pandemia e se emociona ao falar do filho: ‘É inspiração’

A faixa-preta Ana Schmitt, dona de dois títulos mundiais de Jiu-Jitsu pela IBJJF, recebeu a Revista TATAME em sua academia, a Gracie Brasil, que fica localizada em Blumenau, Santa Catarina. A lutadora abriu a escola de artes marciais – ao lado do marido Yago Espíndola, que também é faixa-preta de arte suave – em fevereiro de 2020, um mês antes do início da pandemia do novo coronavírus. A atleta contou como foi esse período, ao mesmo tempo em que descobriu que seria mãe. Em dezembro, nasceu Renzo, o primeiro filho do casal.

Mãe, lutadora e empresária, Ana comentou como tem sido essa nova experiência: “Muita coisa aconteceu muito rápido, começou a pandemia, veio a gravidez… Estou feliz, mas foi um baque (risos). Aprendendo a lidar com isso, foi uma delícia gestar. Tive meu neném em dezembro. Um dia diferente após o outro até agora. São dias de muito aprendizado. O neném tem que dar toda energia para ele, que passou a ser a minha prioridade. A maternidade me trouxe uma força muito especial. É uma inspiração a mais”, disse a craque.