Dono do cinturão peso-médio, Israel Adesanya subiu para os meio-pesados para enfrentar o campeão Jan Blachowicz, no UFC 259, mas acabou derrotado. Vencer o polonês fazia parte de um plano de Israel pra medir forças com Jon Jones – que dominou a categoria até 93kg e vai estrear nos pesados – num futuro próximo.

Em entrevista à ESPN, Adesanya comentou que segue com planos de encarar Jones: “Foi só um tropeço na minha história (revés para Blachowicz). Em qualquer filme ou desenho animado há um problema pelo qual se passa para se erguer a partir dele. Esse foi o meu, e tudo bem. Estou assimilando essa queda muito bem e sei exatamente o que tenho que fazer para voltar a ser o verdadeiro eu. Estou fazendo o que preciso fazer. E é claro que essa luta não morreu. Eu vou atrás dele (Jon Jones)”, disparou Adesanya, que seguiu provocando:

“Isso agora vai além da luta. Todo mundo sabe como ele é. Sabemos o quanto ele é falso. Não vai demorar para que ele acabe com a sua vida novamente, se é que ainda não o fez e está escondendo a poeira”.

Logo após perder sua invencibilidade como profissional de MMA depois de 20 triunfos, Adesanya se deparou nas redes sociais com publicações de Jon Jones ironizando o resultado negativo e fazendo mais provocações. O campeão dos médios afirmou que o norte-americano aproveitou para se promover.

“Isso mostra o seu caráter. Achem um tweet meu após ele ter vencido Dominick Reyes, quando todos estavam acabando com ele. Ele mal conseguiu vencer Thiago Marreta. Na minha opinião e de muita gente, Dominick Reyes o venceu. Achem um tweet meu fazendo brincadeiras sobre isso. Isso mostra quem nós realmente somos. O tempo vai mostrar a verdade. Esperem até ele perder. É só o que vou falar”, concluiu.