Realizado no último sábado (6), o UFC 259 provocou mudanças importantes no ranking da organização, a começar pelo peso-por-peso masculino (que envolve atletas de todas as divisões). Vencedor contra Israel Adesanya na luta principal do evento, o campeão meio-pesado Jan Blachowicz subiu seis posições e agora é o oitavo colocado da lista, enquanto o nigeriano, atual detentor do título peso-médio, caiu de terceiro para sexto. Quem também agora faz parte do ranking é Aljamain Sterling. Novo campeão dos galos, o jamaicano ocupou a 15ª posição, que era de Conor McGregor. O irlandês, por sua vez, não faz mais parte da lista.

Outra alteração se deu no peso mosca, que tem o brasileiro Deiveson Figueiredo como campeão. Vencedor contra Joseph Benavidez no UFC 259, Askar Askarov pulou para o segundo lugar na lista dos melhores da categoria, “tomando” justamente a posição do americano, que agora é o quinto. Já o brasileiro Alexandre Pantoja, vitorioso contra Manel Kape em sua última apresentação, subiu duas posições e está em terceiro.

Na categoria dos galos, a atualização mostra Aljamain Sterling como novo detentor do título, enquanto o russo Petr Yan passou a ser o desafiante número 1 da classe de peso, o que aumenta a expectativa para uma revanche entre os dois lutadores. Ex-campeão dos 61kg, Dominick Cruz subiu duas colocações e é o nono após o triunfo diante de Casey Kenney. No peso leve (até 70kg), o russo Islam Makhachev, que superou Drew Dober no último sábado – em atuação dominante -, ganhou três posições no ranking da divisão e virou 11º.

Para conferir o ranking completo do UFC, CLIQUE AQUI

Nos meio-pesados, depois do importante triunfo diante de Thiago Marreta, Aleksandar Rakic passou a ocupar segunda colocação, pegando o lugar do brasileiro, que agora é o quarto na lista após amargar sua terceira derrota consecutiva. No peso pesado, depois das saídas confirmadas de Junior Cigano e Alistair Overeem da organização, vagas foram abertas no ranking dos 120kg e ocupadas por Tom Aspinall e Alexey Oleynik, que estão em 13º e 15º, respectivamente. Por fim, no ranking da categoria peso palha feminino, com a vitória por nocaute sobre Livinha Souza nas preliminares do UFC 259, Amanda Lemos chegou à 14ª posição.