Ex-campeão dos pesos leves do BRAVE Combat Federation, principal organização de MMA do Oriente Médio, o brasileiro Luan “Miau” Santiago viu sua luta diante do francês Benoit St. Denis ser alçada à condição de evento principal da noite a menos de uma semana da realização do BRAVE CF 49, que acontece no Bahrein.

Luan, que agora compete na categoria de peso super-leve (até 75kg), faria a luta co-principal contra St. Denis, mas com as mudanças no main event, viu seu combate ser promovido ao mais importante do card.

De quebra, a organização confirmou que o vencedor do duelo entre Luan e St. Denis desafiará o campeão Eldar Eldarov na próxima luta. Miau tem um cartel de 15 vitórias e somente quatro derrotas no MMA, enquanto St. Denis está invicto em sua carreira, com seis vitórias e uma luta sem resultado em seu retrospecto.

As mudanças no card do BRAVE CF 49 foram motivadas pela lesão do norte-americano Sean Santella, que faria a luta principal da noite diante de Jose Torres. A revanche, após um empate em confronto no fim do ano passado, seria válida pelas quartas de final do torneio que definirá o primeiro campeão peso-mosca.

Com a saída de Santella, que deixa a disputa pelo título, Torres agora enfrentará o irlandês Blaine O’Driscoll, ex-Bellator, que assinou com a organização baseada no Bahrein e se juntará ao torneio peso-mosca. A luta entre Torres e O’Driscoll será o co-main event do BRAVE CF 49, que vale lembrar, acontece na próxima quinta-feira (25), no Forte de Arad, no Reino do Bahrein. O card será o terceiro de quatro consecutivos programados pela companhia, culminando por fim no histórico BRAVE CF 50, agendado para o dia primeiro de abril.