Campeão olímpico em 1992, em Barcelona (ESP), o ex-judoca Toshihiko Koga morreu nesta quarta-feira (24), aos 53 anos, próximo à Tóquio (JAP). A lenda do Judô mundial estava enfrentando um câncer e, em 2020, precisou ser hospitalizado para a remoção de um rim por conta da doença, segundo a imprensa japonesa.

Além da medalha dourada em Barcelona, Koga também conquistou a prata em 1996 nas Olimpíadas de Atlanta, nos Estados Unidos. O judoca ainda foi tricampeão mundial – em Belgrado 1989 / Barcelona 1991 / Chiba 1995 – e registrou uma medalha de bronze em 1987, no Campeonato Mundial de Essen, na Alemanha.

Após encerrar a carreira como judoca, Koga foi técnico da seleção japonesa feminina. Idolatrado no Japão, ele é apontado por diversos especialistas como o lutador que melhor executou a técnica ippon seoi nage.

Koga também estava escalado para fazer parte do revezamento da tocha olímpica, que tem início nesta semana. Os Jogos Olímpicos de Tóquio, vale citar, acontecem em julho. Nas redes sociais, diversos ex-lutadores, atletas e personalidades do esporte em geral prestaram solidariedade à família do japonês.