Marcado para acontecer neste sábado (6), em Las Vegas, nos Estados Unidos, o UFC 259 promete ficar marcado como um dos principais cards dos últimos anos no MMA. Ao todo, serão três disputas de cinturão. Na luta principal da noite, o campeão meio-pesado Jan Blachowicz enfrenta Israel Adesanya, detentor do título dos médios, que vai tentar adicionar mais uma cinta ao seu currículo. No co-main event, a campeã dupla Amanda Nunes coloca em jogo o cinturão peso-pena em confronto diante de Megan Anderson. Abrindo os confrontos de título, o peso-galo Petr Yan faz sua primeira defesa e encara Aljamain Sterling.

O card desta noite terá ainda a presença de outros três brasileiros. No card principal, pela divisão meio-pesado, Thiago Marreta mede forças contra o austríaco Aleksandar Rakic. Já no card preliminar, pela categoria peso-palha feminino, Livinha Souza e Amanda Lemos fazem o embate brasileiro do evento. Além disso, destaques para a presença do ex-campeão peso-galo Dominick Cruz, que vai enfrentar Casey Kenney, e para o ex-desafiante ao cinturão peso-mosca, Joseph Benavidez, que terá Askar Askarov pela frente.

Três cinturões em jogo neste sábado 

Com três disputas de cinturão, o UFC 259, que acontece neste sábado, em Las Vegas, promete agradar os fãs de MMA. Na luta principal da noite, o campeão meio-pesado Jan Blachowicz (27-8-0) defenderá seu cinturão diante de outro campeão da organização, o nigeriano Israel Adesanya (20-0-0), dono do cinturão peso-médio. O polonês Blachowicz se tornou campeão da divisão até 93kg em setembro, quando nocauteou Dominick Reyes e conquistou o título, até então, vago – o ex-campeão Jon Jones abriu mão do cinturão um mês antes para focar em outros projetos. Em uma sequência de quatro vitórias, Blachowicz possui triunfos sobre nomes como Ronaldo Jacaré, Luke Rockhold e Corey Anderson.

Já Adesanya conquistou o título peso-médio em outubro de 2019, com um nocaute sobre Robert Whittaker. Desde então, já defendeu seu cinturão duas vezes – com vitórias sobre Yoel Romero e, mais recentemente, Paulo Borrachinha. Invicto com 20 vitórias, o nigeriano pode se tornar o oitavo atleta da história do UFC a ser campeão em duas divisões e entrar na lista que já tem nomes como Georges St-Pierre, Henry Cejudo, Conor McGregor e a baiana Amanda Nunes – uma das protagonistas da luta co-principal da noite.

Campeã peso-galo e peso-pena do UFC e uma das maiores atletas de todos os tempos, Amanda Nunes (20-4-0) defende pela segunda vez o seu título da divisão até 66kg. Em sua última luta, em junho, derrotou Felicia Spencer por decisão unânime. Com 11 vitórias seguidas, a Leoa tem uma motivação a mais para a luta deste sábado. Será a primeira vez que entra no octógono desde o nascimento da sua filha, Raegan Ann Nunes, junto da também lutadora Nina Ansaroff.

A sua oponente, a australiana Megan Anderson (11-4-0), é ex-campeã peso-pena do Invicta e tem 10 vitórias e quatro derrotas na carreira. Na sua última aparição, em fevereiro de 2020, nocauteou a brasileira Norma Dumont no primeiro round.

Fechando a lista de lutas de título do UFC 259 está o confronto entre o campeão peso-galo Petr Yan (15-1-0) e o desafiante Aljamain Sterling (19-3-0). Essa será a primeira defesa de cinturão do russo, que o conquistou em julho ao nocautear o brasileiro José Aldo. Líder do ranking peso-galo, o americano Sterling vem em uma sequência de cinco vitórias, que inclui triunfos sobre Cory Sandhagen, Pedro Munhoz e Cody Stamann.

Thiago Marreta encara austríaco em busca de redenção

De olho em uma nova corrida pelo cinturão meio-pesado do UFC, o carioca Thiago Marreta (21-8-0) está de volta ao octógono. Segundo colocado no ranking da divisão, o atleta da Cidade de Deus foi superado em sua última luta pelo também brasileiro Glover Teixeira. Com 21 vitórias na carreira – sendo 15 por nocaute – Marreta soma triunfos recentes sobre nomes como o do campeão Jan Blachowicz e Jimi Manuwa. Neste sábado ele tentará adicionar o nome de Aleksandar Rakic (13-2-0) a essa lista. Quarto colocado no ranking, o austríaco vem de uma grande vitória sobre Anthony Smith em agosto.

Outros brasileiros em ação

Além de Amanda Nunes e Thiago Marreta, outros três brasileiros estarão em ação no UFC 259. As atletas do peso-palha Livinha Souza (14-2-0) e Amanda Lemos (8-1-1) fazem um duelo verde e amarelo no UFC Apex. Atual 15ª da divisão, a natural de São Paulo Livinha tem apenas duas derrotas na carreira. Em sua última luta, em agosto, superou a americana Ashley Yoder por decisão unânime. A paraense Amanda Lemos também vem de vitória na organização – uma decisão sobre Mizuki Inoue.

O peso-mosca Rogério Bontorin (16-2-0, 1NC) completa o time brasileiro. Contratado depois de participar do Contender Series Brasil, o paranaense busca reabilitação depois de ser derrotado por decisão por Ray Borg há um ano. Assim como ele, o seu oponente Kai Kara-France (21-9-0, 1NC) também quer reencontrar o caminho das vitórias. Em setembro, o neo-zelandês foi superado por Brandon Royval.

CARD COMPLETO:

UFC 259
UFC Apex, em Las Vegas
Sábado, 06 de março de 2021

Card principal
Jan Blachowicz derrotou Israel Adesanya por decisão unânime dos jurados
Amanda Nunes finalizou Megan Anderson com uma chave de braço no 1R
Aljamain Sterling derrotou Petr Yan por desqualificação no 4R
Islam Makhachev finalizou Drew Dober com um katagatame no 3R
Aleksandar Rakic derrotou Thiago Marreta por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Dominick Cruz derrotou Casey Kenney por decisão dividida dos jurados
Kyler Phillips derrotou Song Yadong por decisão unânime dos jurados
Askar Askarov derrotou Joseph Benavidez por decisão unânime dos jurados
Kai Kara-France derrotou Rogério Bontorin por nocaute no 1R
Tim Elliott derrotou Jordan Espinosa por decisão unânime dos jurados
Kennedy Nzechukwu derrotou Carlos Ulberg por nocaute técnico no 2R
Sean Brady finalizou Jake Matthews com um katagatame no 3R
Amanda Lemos derrotou Livinha Souza por nocaute técnico no 1R
Uros Medic derrotou Aalon Cruz por nocaute técnico no 1R
Trevin Jones derrotou Maurio Bautista por nocaute técnico no 2R