Antes mesmo da luta pelo cinturão peso-pesado entre Stipe Miocic e Francis Ngannou ocorrer, Dana White, presidente do Ultimate, já havia confirmado a intenção de colocar Jon Jones estreando na categoria contra o vencedor do duelo. O confronto aconteceu no último sábado (27), na luta principal do UFC 260, e Ngannou saiu vencedor por nocaute no segundo round, tornando-se o novo campeão da divisão e, em tese, próximo adversário de “Bones”, que desde o ano passado, vem passando por um processo de transição física para lutar nos 120kg.

Todavia, o ex-campeão meio-pesado da companhia mostrou que a possível luta não será tão fácil de ser casada. Através de suas redes sociais, Jones deu a entender que, para que uma disputa de título peso-pesado contra Ngannou seja confirmada, a organização vai precisar recompensá-lo bem por isso: “Me mostre o dinheiro”, escreveu o americano, logo após o término da luta do camaronês diante de Miocic.

Ao mesmo tempo em que Jon Jones utilizava as redes sociais, Dana White tomava conhecimento de suas declarações em entrevista coletiva aos jornalistas após o evento. Insatisfeito com o pedido de “dinheiro” feito pelo ex-campeão, o mandatário questionou a real intenção do lutador em enfrentar Ngannou pelo título dos pesados e revelou um outro desafiante que poderia medir forças diante do novo “rei” da divisão até 120kg.

“Derrick Lewis é a luta a se fazer. Mas se Jon Jones realmente quiser essa luta… ouça, uma coisa é você falar, tuitar que ‘eu ganhei peso, fiz isso e aquilo’, mas você realmente quer a luta? Eu prometo para você que podemos ligar para Derrick Lewis ou qualquer outro pesado e eles vão querer a luta (contra Francis Ngannou). Se Jon Jones realmente quiser a luta, Jon Jones sabe que ele consegue a luta. Tudo que ele tem que fazer é ligar e pedir. Como eu disse, é fácil falar que você quer a luta… Francis Ngannou é o campeão dos pesados, tudo que ele tem que fazer é pegar o telefone, ligar e nós acertamos”, disse Dana, que ainda deu uma “alfinetada” em Jon Jones após o nocaute impressionante de Ngannou sobre Miocic.

“Se eu sou Jon Jones e estou em casa vendo essa luta, eu começo a mudar para o peso médio”, disse, aos risos. “Eu poderia sentar aqui e passar horas explicando para vocês o que ‘mostre o dinheiro’ significa. Eu falo para vocês o tempo todo. Você pode falar que quer lutar com alguém, mas você realmente quer?”, indagou.

A partir disso, Jon Jones passou a publicar uma série de tweets e, entre as publicações, “desabafou” sobre o seu desejo de querer ser mais valorizado pelo UFC. Além disso, o lutador ironizou sobre um possível “medo” de enfrentar Francis Ngannou após a declaração de Dana White.

“Ir para a categoria peso-médio? Eu não ganhei esse peso todo sem motivo (risos). Se alguém está se perguntando se eu realmente quero lutar (contra Ngannou), a resposta é sim. Eu também quero muito receber (um bom) pagamento. Saí da categoria meio-pesado, literalmente ganhei uma quantidade enorme de peso. E agora as pessoas estão dizendo que estou com medo? Todos, menos eu, alegando que estou com medo. Tudo o que pedi foi para receber o pagamento. Por que um lutador tem que ter medo no segundo em que menciona que quer receber seu valor? Que insulto. Se Conor McGregor quer muito dinheiro, é o que se espera. (Se) Jon Jones quer dinheiro, agora ele está com medo. Tenho trabalhado pra caramba, ganhei todo esse peso. Nunca perdi uma luta antes. Agora, de repente, estou com medo. Que besteira. Tenho lutado durante toda a minha vida adulta, essa m*** simplesmente não parece certa quando você se sente desvalorizado. Não é uma questão de querer lutar. É uma questão de querer ser melhor pago. Vamos deixar isso bem claro”, afirmou Jon Jones através de uma série de tweets.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 260
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 27 de março de 2021

Card principal
Francis Ngannou derrotou Stipe Miocic por nocaute no 2R
Vicente Luque finalizou Tyron Woodley com um triângulo de mão no 1R
Sean O’Malley derrotou Thominhas Almeida por nocaute técnico no 3R
Miranda Maverick derrotou Gillian Robertson por decisão unânime dos jurados
Jamie Mullarkey derrotou Khama Worthy por nocaute no 1R

Card preliminar
Alonzo Menifield finalizou Fabio Cherant com um Von Flue Choke no 1R
Abubakar Nurmagomedov derrotou Jared Gooden por decisão unânime dos jurados
Michal Oleksiejczuk derrotou Modestas Bukauskas por decisão dividida dos jurados
Omar Morales derrotou Shane Young por decisão unânime dos jurados
Marc-André Barriault derrotou Abu Azaitar por nocaute técnico no 3R