Em sua primeira defesa de cinturão na categoria peso galo, no último sábado (6), pelo UFC 259, realizado em Las Vegas (EUA), Petr Yan viveu uma experiência incomum e que, certamente, vai ficar marcada pelo resto de sua carreira no MMA. Diante de Aljamain Sterling, o russo vinha levando a melhor nas pontuações round a round, no entanto, no quarto assalto, aplicou uma joelhada ilegal no jamaicano, que sentiu bastante o golpe (assista abaixo) e não teve mais condições de continuar no combate. O árbitro central, então, seguiu as regras e desqualificou Petr Yan, declarando Sterling como o novo detentor do título dos galos.

Após o duelo, visivelmente abatido com a perda do cinturão e a maneira como ocorreu, o agora ex-campeão dos 61kg conversou com a ESPN americana e tentou explicar o que ocasionou a aplicação do golpe ilegal.

“Antes da luta, o árbitro estava dando muita atenção ao fato de que o adversário tem que estar com as mãos no chão para estar caído. Ele colocou muita atenção nas mãos. Se ele estiver com as mãos no chão, ele está caído. Se seus dedos ou mãos estiverem no alto, ele não está. Então, eu estava pensando apenas nas mãos dele (Sterling), não pensei nas pernas ou joelhos dele. Não quis acertá-lo ilegalmente”, explicou o russo.

“Ainda não entendi o que aconteceu. Sinto que venci todos os rounds e cometi um erro estúpido”, concluiu Petr Yan, que ainda esclareceu que nenhum dos seus treinadores presentes no córner o indicou a joelhada.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 259
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 6 de março de 2021

Card principal
Jan Blachowicz derrotou Israel Adesanya por decisão unânime dos jurados
Amanda Nunes finalizou Megan Anderson com uma chave de braço no 1R
Aljamain Sterling derrotou Petr Yan por desqualificação no 4R
Islam Makhachev finalizou Drew Dober com um katagatame no 3R
Aleksandar Rakic derrotou Thiago Marreta por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Dominick Cruz derrotou Casey Kenney por decisão dividida dos jurados
Kyler Phillips derrotou Song Yadong por decisão unânime dos jurados
Askar Askarov derrotou Joseph Benavidez por decisão unânime dos jurados
Kai Kara-France derrotou Rogério Bontorin por nocaute no 1R
Tim Elliott derrotou Jordan Espinosa por decisão unânime dos jurados
Kennedy Nzechukwu derrotou Carlos Ulberg por nocaute técnico no 2R
Sean Brady finalizou Jake Matthews com um katagatame no 3R
Amanda Lemos derrotou Livinha Souza por nocaute técnico no 1R
Uros Medic derrotou Aalon Cruz por nocaute técnico no 1R
Trevin Jones derrotou Maurio Bautista por nocaute técnico no 2R