Jonas Andrade e Wallace Costa anotam ouros para o Brasil no Abu Dhabi Grand Slam de Moscou; russos dominam na faixa-preta

Publicidade

O Jiu-Jitsu está de volta à Rússia. O Abu Dhabi Grand Slam desembarcou em Moscou no último domingo (14). Atletas de todo o mundo competiram em busca da medalha de ouro. Vale citar também que todos que estiveram no ADGS Moscou seguiram as diretrizes de saúde e segurança estabelecidas pela AJP durante a pandemia de Covid-19, que incluía a apresentação de testes negativos para o novo coronavírus. O uso de máscaras também foi obrigatório durante o evento, e o acesso ao local restrito apenas a atletas e técnicos.

Veja como foi o adulto abaixo:

> Masculino faixa-preta

Peso-pluma (55kg) – o brasileiro Jonas Andrade voou de Barcelona, na Espanha, para lutar duas vezes contra o finlandês Marko Oikarainen e garantir a medalha de ouro. Na primeira partida, Jonas finalizou Marko em um triângulo. Na segunda, Jonas conseguiu um armlock faltando apenas 10 segundos para o fim.

Peso-leve (62kg) – o russo Abubakar Khadaev venceu pela primeira vez seu compatriota Dzhimher Razmadze por 4 a 2. Na final, Khadaev finalizou Shamil Gaziev com um justo estrangulamento pelas costas.

Peso-meio-médio (77kg) – o russo Vladislav Losev colocou a torcida em pé com duas vitórias para levar a medalha de ouro. Primeiro, ele derrotou o Riad Dzhalmalbeili por 1 a 0 para chegar à final. Na disputa pelo ouro, Losev teve atuação imponente ao vencer o brasileiro José Henrique Tatagiba por 8 a 4 na pontuação.

Peso-médio (85kg) – mais uma medalha de ouro para a Rússia. Abdulbari Guseinov começou sua campanha com uma vitória por 2 a 0 sobre o Arsen Shapiev. Na luta pela cobiçado título, Guseinov colocou sua guarda para funcionar, venceu Magomed Abdulkadirov por 2 a 1 e levou o ouro para casa.

Peso-meio-pesado (94kg) – provavelmente o competidor mais conhecido da edição em Moscou, o polonês Adam Wardzisnki veio, lutou e conquistou a medalha de ouro em duas lutas. Ele finalizou Artem Ushakov com um estrangulamento da montada para chegar à final. O topo do pódio foi garantido com um estrangulamento da posição omoplata sobre Viacheslav Ilin.

Peso-super-pesado (120kg) – o brasileiro Wallace Costa e o russo Dimitrii Volstrikov lutaram duas vezes para decidir quem levaria a medalha de ouro para casa. E Costa venceu por 7 a 3 para seguir em frente na contagem. Na final, Wallace fez seu jogo funcionar novamente e pegou Volstrikov com um armlock.

> Feminino faixas-marrom/preta

Peso-pena (55kg) – muito talento em exibição também no feminino. Liisi Vaht, da Estônia, lutou duas vezes para ser coroada a campeã. Ela pegou a russa Ekaterina Kustikova com um armlock nas semifinais. A adversário de Vaht na final veio do Cazaquistão. Moldir Mekenbayeva derrotou a russa Olga Vladimorova na decisão do árbitro após um empate em 0 a 0. A luta pela medalha de ouro viu Liisi usar sua magia e acertar Moldir com um estrangulamento pelas costas. Título para a Estônia.

Publicidadespot_img
Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade