Agora é oficial. Se antes Dana White vinha tentando fazer com que Khabib Nurmagomedov repensasse sua decisão de aposentadoria do MMA, foi a vez do próprio presidente do UFC “entregar os pontos”. Na última quinta-feira (18), através de suas redes sociais, o mandatário, após meses buscando convencer o russo a retomar sua carreira, confirmou que “The Eagle” está oficialmente aposentado do esporte.

Depois do anúncio, foi a vez do próprio Khabib se pronunciar sobre o fim da carreira e encerrar qualquer especulação a respeito de uma possível volta ao Ultimate. Por meio de uma postagem, o russo – agora ex-campeão peso-leve – expressou sua gratidão à organização e, principalmente, a Dana White. Além disso, Nurmagomedov afirmou que espera ter a compreensão dos fãs e companheiros de equipe pela decisão.

“Foi um bom jantar, com grandes pessoas. Dana White, muito obrigado, irmão, e toda a equipe do UFC pela oportunidade de me provar. Vocês mudaram muitas vidas para sempre por causa desse esporte. Dana, eu nunca vou esquecer sua atitude em relação a mim, meu pai nunca esqueceu, e meus filhos vão lembrar de você. Hoje foi uma conversa de verdade, entre homens de verdade. Também gostaria de agradecer a todo o time, parceiros de treino e fãs. Espero que vocês aceitem minha decisão e me entendam”, escreveu o russo.

Atualmente com 32 anos, Khabib Nurmagomedov encerra sua trajetória no MMA invicto, com 29 vitórias, sendo 11 por finalização, oito por nocaute e dez na decisão dos jurados. O russo iniciou sua carreira profissional nas artes marciais mistas em 2008 e chegou ao UFC em 2012. Pela organização, “The Eagle” emplacou 13 triunfos, vencendo nomes como Conor McGregor, Dustin Poirier, Justin Gaethje, entre outros.