Com seu jeito polêmico e as já costumeiras provocações aos adversários, Nate Diaz conquistou uma legião de fãs ao longo da sua trajetória no UFC e é visto como um dos favoritos dentro da organização. Prova disso é que ele vai fazer parte de um processo inovador da franquia. O americano foi escalado para enfrentar Leon Edwards no card do UFC 262, agendado para acontecer no dia 15 de maio, mas a curiosidade fica pelo fato de que, apesar de a disputa não valer cinturão, ela terá cinco rounds, algo, até então, inédito para um co-main event na história do Ultimate. A informação da luta foi confirmada inicialmente pela ESPN americana.

Sendo assim, o confronto pela categoria dos meio-médios terá a mesma duração de assaltos da disputa de cinturão peso-leve entre Charles do Bronx e Michael Chandler, que vão fazer o duelo principal da edição.

Terceiro colocado no ranking meio-médio, Edwards, 29 anos, vinha de oito vitórias consecutivas e, sem atuar há mais de um ano, fez seu retorno à organização no último dia 13 de março. No entanto, a luta contra Belal Muhammad acabou em “No Contest” (sem resultado) após o inglês acertar uma dedada no olho de Belal.

Seis anos mais velho, Nate Diaz possui 20 resultados positivos e 12 reveses em sua trajetória no MMA. O americano tem duas derrotas em três lutas no seu retrospecto recente dentro da organização e entrou pela última vez em ação em novembro de 2019, quando foi derrotado por Jorge Masvidal via nocaute técnico.

Darren Till deixa luta contra Marvin Vettori

A expectativa era grande para o combate entre Darren Till e Marvin Vettori, quinto e sexto colocados no ranking peso-médio do Ultimate, respectivamente, todavia, o confronto não será mais realizado no próximo dia 10 de abril – data em que estava marcado. Isso porque, através de suas redes sociais, Till revelou que quebrou a clavícula durante um treinamento e não terá tempo hábil para se recuperar até o dia do evento.

“Estive sentado aqui por algumas horas debatendo como dizer isso e colocar em palavras o que estou sentindo, e apenas vou dizer isso francamente… Eu quebrei minha clavícula. Estou fora da luta contra Marvin Vettori na próxima semana. Lamento, Vettori, espero que você consiga um novo oponente e possamos fazer isso em breve no futuro, eu o respeito muito como competidor”, escreveu Darren Till em seu perfil oficial.

De acordo com o site MMA Fighting, Kevin Holland, décimo colocado no ranking, aceitou a proposta para substituir Till de última hora e enfrentar Marvin Vettori no próximo dia 10, mas o embate ainda não foi confirmado oficialmente. Vettori vive, atualmente, o melhor momento de sua carreira, com quatro vitórias seguidas na organização. Já Holland vinha embalado por cinco triunfos, mas acabou superado em março.