O Wrestling brasileiro conquistou sua primeira medalha de ouro em 2021, na última sexta-feira (5). Giullia Penalber foi campeã do Ranking Series Matteo Pellicone 2021, em Roma, na Itália. A brasileira, com o topo do pódio, somou pontos importantes no circuito mundial que vai definir as cabeças de chave para os Jogos Olímpicos. A atleta ainda precisa conquistar uma vaga na seletiva olímpica, em maio, na Hungria, que classifica as duas primeiras colocadas para as Olimpíadas. Já garantidas na edição de Tóquio, Lais Nunes (até 62kg) e Aline Silva (até 76kg) terminaram em terceiro e quinto lugar, respectivamente.

Giullia estreou nas eliminatórias contra a italiana Francesca Indelicato, venceu por uma grande superioridade técnica (10 a 0) e avançou para a fase seguinte. Nas quartas de final, fez um combate acirrado diante da canadense Tianna Kennet, mas no segundo round, aplicou um gancho por dentro com a perna direita, desequilibrou a oponente e ampliou sua vantagem para 3 a 0. Em seguida, a lutadora passou para as costas: 5 a 0. Tianna foi para o tudo ou nada, mas o cronômetro zerou e Giullia avançou para a semi com um 5 a 2.

Na semifinal, Giullia conseguiu dois volteios sobre a indiana Anshu Anshu e vencia por 10 a 7 quando a adversária, mancando, solicitou atendimento médico. A equipe médica confirmou que a lutadora não tinha condições clínicas de seguir. Giullia foi declarada vencedora e com vaga garantida na decisão do torneio.

Na final, a brasileira saiu em desvantagem no primeiro round contra a também indiana Sarita Sarita, que abriu 2 a 0 no placar. Giullia não desistiu e conseguiu passar para as costas da oponente, igualar em 2 a 2 e passar à frente pelo critério de desempate de último ponto marcado. Sarita tentou um último ataque, mas Giullia defendeu e contra-atacou para fazer 4 a 2 e garantir a medalha de ouro para o Wrestling brasileiro.