Marcado para acontecer no dia 12 de junho, o UFC 263 teve mais um bom combate confirmado. O evento, que vai contar com a revanche entre o campeão Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno pelo cinturão peso-mosca na luta principal, também terá o duelo entre os ranqueados Demian Maia e Belal Muhammad, válido pela categoria meio-médio. A informação foi confirmada pela ESPN americana no último domingo (4).

Aos 43 anos, Demian fará sua primeira luta em 2021. O brasileiro vinha de três vitórias seguidas, mas em sua última apresentação, em março do ano passado, foi nocauteado por Gilbert Durinho no primeiro round. Vale ressaltar ainda que o faixa-preta de Jiu-Jitsu ocupa, atualmente, a oitava colocação no ranking até 77kg.

Na 11ª posição na lista, Belal Muhammad, 11 anos mais novo em relação a Demian, chegou a acumular quatro triunfos consecutivos, mas em sua luta mais recente, em março, teve o combate contra Leon Edwards transformado em “No Contest” (sem resultado) após receber um golpe acidental no olho e ficar incapaz.

Raoni Barcelos tem novo duelo marcado

Quem também irá retornar ao octógono do Ultimate é o casca-grossa Raoni Barcelos. A ESPN americana revelou, no último domingo, que o brasileiro vai encarar o russo Timur Valiev em combate pela categoria peso galo agendado para acontecer no dia 26 de junho, ainda sem um local definido pela organização.

Com 33 anos e um cartel de 16 vitórias e apenas uma derrota no MMA, Raoni não perde uma luta desde 2015. O brasileiro chegou ao UFC em 2018 e encontra-se invicto na companhia, com cinco triunfos seguidos, o último em novembro do ano passado, quando superou Khalid Taha na unanimidade após três rounds.

Dois anos mais novo em relação ao carioca, Timur Valiev contabiliza um cartel de 17 resultados positivos e dois reveses como profissional. O russo possui dois combates no Ultimate, com um “No Contest” diante de Trevin Jones e, mais recentemente, em fevereiro, uma vitória sobre Martin Day na decisão unânime dos juízes.