Nocauteado por Jake Paul em pouco mais de um minuto de luta, no último sábado (17), em duelo de Boxe válido pelo evento “Triller Fight Club”, Ben Askren, logo após o término do confronto, se mostrou constrangido e decepcionado com o resultado negativo. Oriundo do Wrestling e com passagem pelo UFC, além de ex-campeão do ONE Championship, o americano não tem como especialidade a luta em pé, entretanto, os fãs de MMA esperavam uma competitividade maior do experiente lutador, que sucumbiu ao primeiro golpe mais forte conectado por Jake.

Passado o confronto, o atleta de 36 anos, reforçou que ficou desapontado com a dura derrota sofrida, mas aproveitou para responder as críticas que recebeu por, supostamente, não ter levado a sério a preparação para o confronto diante de Paul, que manteve sua invencibilidade no Boxe profissional, agora com três vitórias contabilizadas.

“Estou desapontado. Não gastei muito tempo nas redes sociais. Algumas pessoas acham que não levei isso a sério. O negócio é o seguinte… Quando aceitei a luta, disse que, primeiramente, era pelo dinheiro e, segundo, era um bom momento para isso (luta contra Jake Paul). Eu costumava boxear com meus amigos no colégio apenas para me divertir. Para essa luta, treinei muito por 11 semanas. Eu não perdi um treino, mas simplesmente as coisas não aconteceram do meu jeito”, afirmou Askren, em entrevista ao podcast de Steven Crowder, para logo depois prosseguir.

“Nós sabíamos que Jake tinha um bom overhand e eu sou um idiota por não ter feito uma boa defesa. Minha defesa foi um pouco frouxa. Ouvi meus treinadores dizendo para eu parar de fazer algumas coisas no momento da luta e eu não obedeci na hora. Então, eu paguei o preço. Acho que uma das coisas que realmente me separa de muitas pessoas é que eu poderia facilmente ter me sentado no sofá e dito ‘Não quero fazer isso, porque há uma chance de que eu fique envergonhado de fazer isso’. Essa seria a única razão pela qual eu não teria feito essa luta. Mas eu disse desde o início que iria fazer e fiz”.

O veterano também aproveitou para explicar um vídeo que viralizou nas redes sociais logo após o término da luta, onde ele aparece sorrindo ao lado da sua esposa logo depois de sair do ringue. O vídeo reforçou as críticas de que o americano não teria levado a luta contra Jake Paul a sério, mas o ex-atleta do Ultimate aproveitou para explicar a situação.

“As pessoas ficaram chateadas por eu estar sorrindo com minha esposa logo após a luta. Eu disse a todos vocês que, antes de começar a luta, não dou a mínima para o resultado. Quando eu estiver lá, dentro de um ringue ou octógono, vou tentar lutar muito, mas no final do dia, na segunda-feira, vou voltar para o meu podcast e vou dar minhas aulas de Wrestling. Naquele momento, minha esposa disse algo engraçado para mim e eu ri, apenas isso. As pessoas simplesmente estão chateadas com isso. Elas realmente precisam de uma vida e acho que estão tentando explorar suas próprias emoções em mim”, desabafou.

Por fim, em entrevista ao jornalista Ariel Helwani, Ben Askren foi bem claro em afirmar que ganhou mais dinheiro na luta do último sábado do que em qualquer outro duelo que já realizou em sua carreira no MMA: “Sim (ganhei mais dinheiro). Uns 30, 40% de diferença”, concluiu.