O Jiu-Jitsu competitivo está em um patamar cada vez mais alto de profissionalismo. E neste sábado (3), Matheus Gabriel vai lutar pela premiação de 10 mil dólares (cerca de 57 mil reais) no EUG (Evolve Ur Game), que acontece em Las Vegas, Estados Unidos. O faixa-preta da Checkmat disputará um GP ao lado de atletas renomados como Marcio André (Nova União), Kennedy Maciel (Alliance), Johnny Tama (Alliance), Gianni Grippo (Alliance), Isaac Doederlein (Alliance), Johnatha Alves (AOJ) e Andy Murasaki (Atos).

Matheus está empolgado para o desafio e, principalmente, feliz por ver o Jiu-Jitsu tomar proporções maiores como esporte profissional. Ele, que já venceu Marcio, Kennedy e Johnatha, analisou seu primeiro teste competitivo em 2021: “Esse Grand Prix está bem difícil, porque tem muitos atletas bons. São os melhores do peso-pena e leve do mundo. Acho que haverá estratégias diferentes, pois as regras do evento serão diferentes. A luta vai durar bem menos tempo, somente sete minutos, então vai contar muito com a estratégia. Não dá para errar”, projetou o atleta, antes de contar qual será seu diferencial para o evento:

“Eu sempre faço o que preciso fazer em meus treinos. É treinar, estudar as posições, mas agora eu trabalhei muito melhor a parte da preparação física. Esse será meu diferencial. Vai pegar fogo (o GP), não tem para onde correr. O Grand Prix será lindo e irado para o público, ver os melhores atletas em combate”, comentou.

Campeão mundial em 2019, o craque explicou como funciona sua dieta e o que mais gosta de comer antes de treinar. Matheus é assistido pela nutricionista Nathalia Chantre, especialista em atletas de Jiu-Jitsu.

“Minha alimentação está ótima! Eu tenho a Nathalia Chantre como minha nutricionista e ela me acompanha sempre. Ela faz mágica. Eu perdi bastante peso para descer para os penas e quando você tem o acompanhamento de um profissional, fica bem mais fácil e sadio para qualquer atleta. Cortar peso não é fácil, é um sacrifício. Eu me sinto muito bem com a dieta que estou fazendo. Meu lanche preferido antes do treino de Jiu-Jitsu é, sem dúvidas, uma tapioca com ovo. Isso faz parte da minha dieta desde sempre”.

Matheus, que já tem toda uma equipe multidisciplinar para cuidar de sua carreira, agora começa a investir em assessoria de imprensa. Para o atleta, é importante cuidar da parte de mídia: “Agora com esse investimento que fiz, era o que faltava para mim. É o ideal para qualquer atleta ter alguém que cuide da sua mídia. Estou muito feliz por ter todo um time que cuida da minha carreira. A minha assessoria vai criar bastante conteúdo voltado para os meus fãs, isso é apenas o começo. Fiquem ligados”, encerrou o lutador.