Prestes a completar uma semana da luta contra Uriah Hall no UFC 261 e, consequentemente, da grave lesão sofrida na perna, com apenas 17 segundos de combate, Chris Weidman vem passando por dias difíceis. Após ser encaminhado diretamente ao hospital para tratar das fraturas na tíbia e na fíbula e ser submetido à cirurgia, o ex-campeão peso-médio do Ultimate já voltou para sua casa, onde passará por uma longa recuperação até que tenha condições de retornar aos treinos.

Ativo nas redes sociais para atualizar os fãs sobre sua condição no momento, o “All American” divulgou um vídeo da sua perna sem as ataduras e, nas imagens, é possível ver os pontos da operação, mais precisamente na parte da frente da canela do lutador. O que impressionou e surpreendeu, porém, foi a presença de um outro ferimento, na parte posterior da panturrilha, e ao explicar sobre ele especificamente, Weidman voltou a chocar seus fãs.

“Tirei os curativos da minha lesão. O corte na parte de trás da panturrilha é de quando eu desci no octógono. O osso atravessou o músculo e a pele da panturrilha”, escreveu o atleta na legenda da sua publicação.

Atualmente com 36 anos, Chris Weidman vinha de vitória sobre Omari Akhmedov antes da grave lesão sofrida no combate diante de Uriah Hall. A estimativa é que o americano leve de seis a 12 meses para retornar ao octógono do Ultimate, onde luta desde 2011.