Com volta do público, UFC 261 tem três disputas de cinturão e pode consagrar Bate-Estaca

Publicidade

A noite deste sábado (24) será especial no UFC. Isso porque o UFC 261, em Jacksonville, na Flórida (EUA), marca o retorno do público aos eventos do Ultimate desde o início da pandemia. Com lotação máxima (15 mil torcedores), a grandiosa edição contará com três disputas de cinturão que prometem ser emocionantes. Na luta principal, o campeão meio-médio Kamaru Usman defende seu título contra o americano Jorge Masvidal em revanche.

No co-main event, a chinesa Weili Zhang colocará seu posto de campeã em jogo contra a ex-detentora do título, a americana Rose Namajunas, em confronto que é garantia de alto nível técnico. Já no peso-mosca, a atleta do Quirguistão Valentina Shevchenko colocará o seu cinturão em jogo diante da brasileira Jessica Bate-Estaca, que vai tentar se tornar campeã em duas divisões de peso, já que foi campeã peso-palha do UFC em 2019.

Além das três disputas de cinturão, o card do UFC 261 contará ainda com outros dois brasileiros em ação. Na categoria meio-médio, Alex Cowboy vai enfrentar o jamaicano Randy Brown, enquanto na divisão peso-palha feminino, Ariane Sorriso vai encarar a chinesa Na Liang.

Presença de público e três cinturões em jogo

A luta principal da noite será uma revanche entre o campeão meio-médio Kamaru Usman (18-1-0) e Jorge Masvidal (35-14-0). Os dois atletas se enfrentaram em junho do ano passado, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, e o nigeriano venceu por decisão unânime. Em uma impressionante sequência de 17 vitórias, Usman vai para a sua quarta defesa de cinturão com o objetivo de manter seu título e provar que o triunfo sobre o americano não teve nada de sorte. Quarto entre os meio-médios, Masvidal já declarou que evoluiu desde a primeira luta entre os dois e disse estar pronto para um resultado diferente neste sábado.

No segundo confronto mais importante da noite, a campeã peso-palha Zhang Weili (21-1-0) defende o seu cinturão contra a ex-campeã da categoria Rose Namajunas (10-4-0). Invicta há 21 lutas – única derrota aconteceu na sua estreia no MMA – a chinesa conquistou o título da divisão até 52kg em agosto de 2019, quando derrotou a brasileira Jessica Bate-Estaca. Além de recuperar o posto de campeã, a americana Namajunas quer também se tornar a primeira atleta a derrotar Zhang depois de quase oito anos.

Na terceira luta por cinturão do UFC 261, a brasileira Jessica Bate-Estaca (21-8-0) enfrenta a campeã peso-mosca Valentina Shevchenko (20-3-0) de olho no título e no recorde. Se vencer a quirguistanesa, Bate-Estaca se junta a Amanda Nunes e se torna a segunda lutadora da história da UFC a conquistar títulos em duas divisões diferentes.

Depois de passagens pelas divisões peso-galo e peso-palha, onde se tornou campeã, Jessica optou por iniciar uma nova fase em sua carreira no ano passado. Já na sua estreia no peso-mosca, conquistou um nocaute impressionante sobre a líder do ranking Katlyn Chookagian, se credenciando para enfrentar a campeã.  A missão não vai ser fácil, já que Valentina mantém o domínio absoluto na divisão desde que ela foi criada, em 2018.

Ariane Sorriso e Alex Cowboy em ação

Além de Jessica, outros dois brasileiros estarão em ação no UFC 261. O sempre favorito dos fãs Alex Cowboy (22-9-1, 2NC) vai em busca de reabilitação depois de ter sido superado por Shavkat Rakhmonov em sua última aparição, em outubro. Antes, o meio-médio acumulava duas vitórias seguidas. Seu oponente será o americano Randy Brown (12-4-0), que foi nocauteado pelo brasileiro Vicente Luque no ano passado.

A peso-palha Ariane Sorriso (12-2-0) está de volta ao octógono depois de mais de um ano. A paulista de Presidente Prudente estreou na maior organização de MMA do mundo em setembro de 2019, com uma sequência de 12 vitórias no cartel, mas acabou sendo superada por Angela Hill. Neste sábado, a atleta ficará responsável por receber um novo nome no UFC, já que sua oponente, a chinesa Na Liang (15-4-0), faz sua estreia no evento.

CONFIRA OS RESULTADOS:

UFC 261
Jacksonville, na Flórida (EUA)
Sábado, 24 de abril de 2021

Card principal
Kamaru Usman derrotou Jorge Masvidal por nocaute técnico no 2R
Rose Namajunas derrotou Weili Zhang por nocaute no 1R
Valentina Shevchenko derrotou Jéssica Bate-Estaca por nocaute técnico no 2R
Uriah Hall derrotou Chris Weidman por nocaute técnico (interrupção médica) no 1R
Anthony Smith derrotou Jimmy Crute por nocaute técnico (interrupção médica) no 1R

Card preliminar
Randy Brown finaliza Alex Cowboy com um estrangulamento no 1R
Dwight Grant derrotou Stefan Sekulic por decisão dividida dos jurados
Brendan Allen finalizou Karl Roberson com uma chave de calcanhar no 1R
Pat Sabatini derrotou Tristan Connelly por decisão unânime dos jurados
Danaa Batgerel derrotou Kevin Natividad por nocaute no 1R
Rodrigo Vargas derrotou Rong Zhu por decisão unânime dos jurados
Jeff Molina derrotou Aori Qileng por decisão unânime dos jurados
Ariane Sorriso derrotou Na Liang por nocaute técnico no 2R

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade