Após realizar sua 25ª edição no último dia 29 de março, na Bolívia, em show que teve lutas profissionais e amadoras de MMA, o Thunder Fight já tem data definida para realizar o 26º evento da sua história. O card vai acontecer no dia 2 de maio, um domingo, e aos poucos, as lutas vão sendo programadas e anunciadas.

Essa será a terceira edição organizada pelo Thunder Fight em 2021. Em entrevista, o presidente da companhia, Marcelo Kina, ressaltou que o show tem papel importante para definir os próximos passos de diversas categorias de peso, como desafiantes ao cinturão e, consequentemente, novos campeões do Thunder.

“O próximo evento será a nossa terceira edição em 2021, mas o card ainda está em formação. Estamos com quatro lutas profissionais fechadas e algumas lutas vão definir desafiantes ao cinturão. Estamos planejando mais oito edições até o final do ano. Em 2021, iremos definir outros cinco campeões e também retornaremos com os GPs Femininos nas categorias 52kg (peso-palha), 57kg (peso-mosca) e 61kg (peso-galo). Grandes atletas estão retornando para a organização e ótimos duelos sendo montados. Alguns nomes estarão nas edições de setembro na Bolívia e em outubro, no Chile. Em breve vamos divulgar o card”, destacou Kina.

Vale ressaltar que o evento realizado na Bolívia contou com três disputas de cinturão regionais, onde Keven Terceros (até 70kg), Luiz Galarza (até 66kg) e Carlos Bazan (até 61kg) se tornaram campeões contra David Flores, Moises Calatayud e Lautaro Ayala, respectivamente. Ao todo, foram nove lutas de MMA amador, válidas pela oitava edição da Copa Thunder, além de três duelos de MMA profissional, no Thunder Fight 25.