* O medo de perder tira a vontade de vencer. Uma frase muito conhecida no mundo do Jiu-Jitsu. O sentimento de medo é da natureza humana. De animal todos nós temos medo, mas esse sentimento pode ter um desdobramento muito positivo. O medo pode ser um ponto de partida para sua evolução no Jiu-Jitsu. O medo pode ser sinalizador do seu ponto fraco e é ele que deverá apontar quais os pontos que devem ser trabalhados com mais intensidade em seus treinos. 

Medo de tomar uma queda numa luta de campeonato? Intensifique seus treinos em pé, defesas de quedas e entradas de projeções. Creio que a frase deveria ser reescrita como: “o medo de perder pode fazer você vencer”. Não se deve confundir medo com covardia. Medo de perder creio que todos nós temos, afinal, quem gosta de perder? Eu não conheço ninguém.  

A palavra medo pode e deve ser vista por nós lutadores como uma energia a ser direcionada para o nosso desenvolvimento. O medo de lutar com determinado lutador, o reconhecimento de seus pontos fortes, perceber suas qualidades e, a partir deste ponto, traçar seus treinamentos e estratégias podem gerar bons resultados. Até mesmo para treinos dentro de sua academia. Não gosto de perder nem em treinos com amigos, alguém gosta? 

Quando você perceber que evita treinar com certo lutador, acredite, é ele quem você deve procurar para lutar. Saia da sua zona de conforto, lute, e lute quantas vezes for preciso para esse sentimento não lhe incomodar mais. O ruim do medo é quando ele te “imobiliza”, se você assim permitir. Desafie seu medo em vez de pensar na derrota ou buscar um motivo para não lutar. Pense nos próximos passos para vencer aquele que hoje te vence. 

Quando você apenas pensa na derrota que nem aconteceu ainda, você para de olhar para frente e acaba com a sua força de combate, com a sua vontade de reverter uma situação desfavorável.  Eu acredito que só enfrentando o medo de forma consciente você irá dissipar esse sentimento, essa força para vencer o medo nascerá da sua própria ação.  O “medo” te deixa mais atento para reações e reflexos, aguça os instintos. Escrevo por experiência própria. Se acha que vai perder, então respire fundo e saia da sua zona de conforto. Busque o desafio. Aquele que luta sem medo de perder tem mais chance de ganhar do que o lutador que luta pensando no que não aconteceu ainda. 

Num futuro que pode nem chegar, tive aluno que perdeu uma luta em campeonato por não querer se cansar pensando nas próximas lutas da chave, quis administrar um resultado, e assim acabou perdendo.  A próxima luta não aconteceu. Simples assim. Viva a luta presente, use seu medo para vencer, supere seus obstáculos. Tenham respeito pelos seus oponentes, mas não deixem de buscar a finalização. 

Já presenciei lutas em que o lutador perdia por um placar expressivo, mas ele não se abalou, continuou atacando e conseguiu aplicar um estrangulamento, ganhando a luta. Os pontos ou as vantagens só valem quando a luta termina. Quando você pensa na possibilidade de perder, já não está mais pensando nos caminhos para vencer. Não é um jogo de palavras, mas uma linha de pensamento que tento passar para os meus alunos. O medo de perder pode fazer de você um vencedor. Só depende de como você reage ao medo. Todos os momentos de um treino você pode tirar coisas positivas para a sua evolução. 

Para mais informações, veja https://www.instagram.com/luizdiasbjj/ ou entre em contato pelo e-mail geracao.artesuave@yahoo.com.br. Também conheça o http://www.geracaoartesuave.com.br/. Oss!

* Por Luiz Dias