* Aos 35 anos e desde 2010 no Ultimate, Edson Barboza possui uma longa trajetória na organização, mas nos últimos meses, não vinha se sentindo valorizado da forma que gostaria. Além do longo tempo de espera entre uma luta e outra, o brasileiro também reclamou dos seus vencimentos. Porém, tudo isso é passado. De contrato renovado, Barboza retorna ao octógono neste sábado (15), quando vai enfrentar Shane Burgos pelo UFC 262, em Houston, no Texas (EUA).

Em entrevista à TATAME antes do evento, Edson revelou que assinou com o UFC por mais seis lutas, ganhou um reajuste salarial e, após cerca de 11 anos de serviços prestados à companhia de Dana White, agora está no patamar que buscava: “Assinei um novo contrato, de seis lutas, e o que pesou foi que o UFC realmente valorizou o meu trabalho. Eu sabia que tinha gente que não entregava o que eu entrego (no cage), mas recebia muito mais dinheiro, então tinha algo errado. Mas aí conversamos, o UFC chegou junto com o valor que eu estava pedindo e isso pesou. Fico feliz em saber que estou num lugar onde agora me sinto valorizado”.

Ainda sobre os seus planos para a sequência da carreira, o brasileiro garantiu que vai continuar no peso pena e analisou o duelo contra Burgos, que vem de derrota para Josh Emmett em junho do ano passado. Já o natural de Nova Friburgo (RJ) voltou a vencer em seu último compromisso, quando superou Makwan Amirkhani por decisão unânime, em outubro.

“Projeto uma guerra contra o Burgos. Ele é um excelente atleta, um cara que vai pra briga, o que eu gosto. Estou motivado e muito bem fisicamente. Podem esperar o melhor Edson Barboza que já entrou no octógono. Fiz um camp próximo da perfeição, treinei demais, a cabeça está boa, o corpo também, então tenho certeza que será uma grande luta”, disse Edson, que completou:

“Pretendo continuar nessa categoria (66kg), mas sou lutador, estou aberto a propostas. Se me ofereceram uma luta boa no peso leve, acho interessante. Mas meu objetivo é seguir no pena e ser campeão”, encerrou o lutador, que soma 21 triunfos e nove derrotas em sua trajetória no MMA.

CARD COMPLETO:

UFC 262
Houston, Texas (EUA)
Sábado, 15 de maio de 2021

Card principal (23h, horário de Brasília):
Peso-leve: Charles do Bronx x Michael Chandler
Peso-leve: Tony Ferguson x Beneil Dariush
Peso-galo: Matt Schnell x Rogério Bontorin
Peso-mosca: Katlyn Chookagian x Viviane Araújo
Peso-pena: Shane Burgos x Edson Barboza

Card preliminar (19h30, horário de Brasília):
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x André Sergipano
Peso-pena: Lando Vannata x Mike Grundy
Peso-médio: Jordan Wright x Jamie Pickett
Peso-mosca: Andrea Lee x Antonina Shevchenko
Peso-mosca: Gina Mazany x Priscila Pedrita
Peso-pena: Kevin Aguilar x Tucker Lutz
Peso-leve: Sean Soriano x Christos Giagos

* Por Diogo Santarém