O UFC Vegas 25, realizado neste sábado (1), em Las Vegas, Estados Unidos, contou com 12 duelos decididos pelos jurados, mas dois nocautes para “salvar a noite”. Na luta principal, Jiri Prochazka confirmou seu bom momento – são 12 vitórias seguidas – e bateu Dominick Reyes por nocaute no segundo round. No co-main event, pela categoria dos penas, Giga Chikadze precisou de apenas um minuto para acertar um chute certeiro na costela de Cub Swanson e superar o americano por nocaute técnico. Foi a sexta vitória do lutador da Geórgia em seis duelos no Ultimate, enquanto Swanson voltou a perder após nocautear Daniel Pineda.

Representando o Brasil, Luana Pinheiro venceu Randa Markos por desqualificação após golpe ilegal, Felipe Cabocão derrotou Luke Sanders por decisão unânime dos jurados na abertura do evento e, no embate entre brasileiras pelo peso mosca, melhor para Luana Dread, que superou Poliana Botelho por decisão dividida.

Prochazka atropela Reyes com bela cotovelada

O primeiro round da luta principal no UFC Apex teve Jiri Prochazka e Dominick Reyes indo para a trocação franca, com bons momentos dos dois lutadores, mas leve superioridade do tcheco. O segundo assalto começou da mesma forma, porém, Prochazka foi se sentindo mais confortável no octógono e literalmente abriu a “caixa de ferramentas” pra cima do adversário americano, com um arsenal de golpes em pé.

 

Depois de “amassar” Reyes, uma linda cotovelada giratória deu números finais à disputa. Com o resultado, Jiri Prochazka somou sua segunda vitória em duas lutas no Ultimate e deve ganhar importantes posições no ranking meio-pesado. Já o americano perdeu pela terceira vez consecutiva e, antes em terceiro lugar, deve descer na lista dos melhores atletas até 93kg. O atual campeão da divisão é o polonês Jan Blachowicz.

Luana Pinheiro estreia com vitória amarga

Fazendo a sua estreia no Ultimate após participar do reality show “Dana White’s Contender Series”, a peso-palha Luana Pinheiro iniciou o combate contra Randa Markos mostrando a que veio. Com um Judô muito afiado, ela desfilou quedas, porém, na reta final do primeiro assalto, recebeu uma pedalada enquanto estava de três apoios – o que não é permitido – e sentiu. Com Luana sem condições de retornar para o confronto, o árbitro Mark Smith declarou o triunfo da brasileira por desqualificação após golpe ilegal da rival canadense.

 

Luana Dread vence Poliana em luta brasileira

O primeiro round do confronto entre brasileiras começou com Poliana Botelho controlando o centro do octógono e tomando a iniciativa, enquanto Luana Dread, fazendo valer da sua maior envergadura, buscava responder no contragolpe. Na metade da parcial, entretanto, a peso-mosca da Nova União conseguiu a queda e passou a trabalhar por cima, mas sem conseguir encaixar uma finalização ao fim dos 5 minutos.

Logo no início do segundo round, Luana levou Poliana para o clinch e por lá elas ficaram, trocando posições. Já no terceiro e decisivo assalto, o combate ficou mais travado, com ambas lutadoras buscando o melhor momento para atacar. Dread, então, anotou uma queda e, no ground and pound, colocou pressão. No fim, por decisão dividida, Luana Dread ficou com triunfo e se recuperou na franquia após perder pra Ariane Lispki.

 

Felipe Cabocão dedica vitória de virada à mãe

Vindo de derrota e sem lutar há 16 meses, Felipe Cabocão não começou bem o duelo peso-pena contra Luke Sanders, que dominou o brasileiro no primeiro round. Porém, a partir do segundo assalto, Felipe impôs seu jogo e, com bonitas quedas, virou o placar, vencendo o americano por decisão unânime. Bastante emocionado, o lutador dedicou o triunfo – seu segundo no UFC – à mãe, que vem lutando contra um câncer.

 

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 25
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 1º de maio de 2021

Card principal 
Jiri Prochazka derrotou Dominick Reyes por nocaute no 1R
Giga Chikadze derrotou Cub Swanson por nocaute técnico no 1R
Ion Cutelaba x Dustin Jacoby terminou em empate por decisão dividida
Sean Strickland derrotou Krzystof Jotko por decisão unânime dos jurados
Merab Dvalishvili derrotou Cody Stamann por decisão unânime dos jurados

Card preliminar 
Luana Pinheiro derrotou Randa Markos por desqualificação (golpe ilegal)
T.J. Brown derrotou Kai Kamaka III por decisão dividida dos jurados
Luana Dread derrotou Poliana Botelho por decisão dividida dos jurados
Loma Lookboonmee derrotou Sam Hughes por decisão unânime dos jurados
Andreas Michailidis derrotou KB Bhullar por decisão unânime dos jurados
Felipe Cabocão derrotou Luke Sanders por decisão unânime dos jurados