Atleta da Pitbull Brothers, Leandro Higo está cada vez mais próximo de ter uma nova chance pelo título dos galos do Bellator. O mossoroense, que já disputou o cinturão da divisão duas vezes, vive o seu melhor momento dentro da organização e fará nesta sexta-feira (21), pelo Bellator 259, que será realizado em Uncasville, em Connecticut (EUA), uma revanche contra o ex-campeão da categoria, Darrion Caldwell. De olho em uma nova oportunidade pelo título, Leandro Higo, que vem de duas vitórias seguidas por finalização, está confiante em um triunfo contra o americano.

“Ele estava na categoria até 66kg, mas após perder na semifinal, resolveu voltar para a categoria dos galos. Eu lutei com ele em 2018, mas de lá pra cá eu evolui muito. Desde a minha última luta venho treinando e tentando evoluir em vários aspectos. Esse camp foi um dos melhores que eu já fiz na vida. Sem lesões e com um ótimo aproveitamento técnico. Estou muito confiante e, com certeza, voltarei com mais uma vitória. Estou no meu momento, em constante evolução e acredito que essa luta será bem diferente da primeira. Era uma luta que eu queria muito. Tenho certeza que essa luta vai dar uma bagunçada na categoria”, analisou Higo.

O brasileiro possui um cartel com 25 lutas, e em 20 ele saiu com a vitória, sendo 12 delas por finalização e três por nocaute técnico. Já Darrion Caldwell possui 19 lutas no currículo, com 15 vitórias e quatro derrotas. O americano passou quase dois anos na divisão dos penas, até ser parado por A.J.McKee.

“Caso eu vença essa luta, não tem para onde ir se não para uma disputa de título. Como venho de duas vitórias seguidas finalizando os meus oponentes, acredito que vencendo um ex-campeão seria merecido essa chance pelo cinturão. O Caldwell foi um cara dominante na divisão dos galos e subiu para os penas, estava no GP, inclusive era cotado para fazer a final contra o Patrício Pitbull. Então, acho que seria muito merecido uma oportunidade pelo título caso eu o vença. Desde que entrei no Bellator, eu não tive vida fácil. Todas as minhas lutas foram contra atletas tops do evento. Mas eu acredito que vai dar tudo certo e serei campeão desta divisão. Estou muito confiante”, declarou.

Atualmente, Leandro Higo é o sexto do recém lançado ranking do Bellator, mas o brasileiro garante que alguns atletas só estão à sua frente no ranking por serem mais midiáticos. Por isso, Higo acredita que precisa de uma grande performance contra Caldwell para cravar seu nome como desafiante do cinturão, que hoje está nas mãos de Sergio Pettis.

“Vai depender de performance, sim. Vejo que tem outros atletas que estão mais na mídia. Tem o James Gallagher, por exemplo. Eu não entendo esse ranking, ele não lutou com ninguém, não ganhou de ninguém de expressão, e está na minha frente. Ele lutou com o Ricky Bandejas e perdeu, enquanto eu passei a carroça no Bandejas na minha última luta. Ele está na minha frente só por nome, porque não enfrentou ninguém de peso até agora. Tem o russo Magomed Magomedov, que fez duas lutas, e o Raufeon Stots, que também vem de quatro vitórias. Mas dependendo do resultado dessa minha luta, acredito que vai dar uma bagunçada nessa categoria”, concluiu.