Norma descarta pedir disputa de cinturão, se vencer ex-desafiante no UFC Vegas 27: ‘Muito a evoluir’

Publicidade

Norma Dumont vai para a terceira luta no Ultimate neste sábado (22), pelo UFC Vegas 27, quando vai encarar Felicia Spencer. O duelo será na categoria dos penas – mas a primeira vitória da atleta na companhia foi nos galos. No entanto, por não ter conseguido bater o peso para e a luta contra Erin Blanchfield ter sido cancelada em abril, o Instituto de Performance da franquia, UFC PI, não autorizou a mineira a lutar até 61kg.

Deste modo, Norma terá o compromisso no peso-pena, uma categoria que não tem tantas atletas, como em outras divisões. Caso vença a ex-desafiante ao cinturão da campeã Amanda Nunes, a mineira não quer pensar em title shot no atual momento. Pelo contrário, a lutadora disse que quer amadurecer no MMA.

“Se eu vencer, todo mundo vai ficar pedindo o cinturão. Ela (Felicia) não era dura o suficiente para disputar o cinturão e levou uma surra da Amanda Nunes nos cinco rounds. Isso não leva competitividade para a luta. Se você não se conhece, não leva a competição para um nível mais alto. A Felicia é dura, mas não está no nível da Amanda. Disputou o cinturão, porque não tinha ninguém. É o que eu não quero que aconteça comigo. Eu  tenho só seis lutas no MMA, já a Amanda está a 20 lutas na minha frente. Preciso de mais algumas lutas, preciso de mais uma cinco lutas. A Amanda está num nível que não tem mais pra onde ir. Eu tenho muito a evoluir ainda. A Amanda não começou sendo a Amanda. Ela foi crescendo e se desenvolvendo”, comentou.

Como realizou todo o camp para lutar há cerca de 40 dias e teve a luta cancelada, Norma explicou que isso não lhe atrapalhou na prepração para o duelo contra Spencer. A brasileira garantiu que está preparada.

“Para mim foi tranquilo, estou sempre treinando, sempre treino tudo. Já é algo normal. Usamos as últimas duas semanas para ajustar o jogo em relação à Felicia. Fiz um camp completo há um mês. Estou tranquila. não posso dizer que estou despreparada”, explicou Dumont, que fez uma análise a respeito da canadense:

“Eu já mapeio o jogo dela desde que eu entrei na organização, ela é muito dura, resistente, perigosa na trocação, joga os cotovelos, chutes, tem umas quedas boa, jogo agressivo no ground and pound, mas por baixo não é tão eficiente. Ela leva perigo em todas as áreas, mas não tem punch. Ela não é de força, é mais de amarrar a luta. Não tem tanta força física. Vamos explorar a trocação. Ela vai tentar derrubar, mas vamos frustrar para manter a trocação. Sabemos todos os riscos que ela pode proporcionar”, concluiu Norma.

CARD COMPLETO:

UFC Vegas 27
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 22 de maio de 2021

Card principal (20h, horário de Brasília)
Peso-galo: Rob Font x Cody Garbrandt
Peso-palha: Yan Xiaonan x Carla Esparza
Peso-pesado: Justin Tafa x Jared Vanderaa
Peso-pena: Felicia Spencer x Norma Dumont
Peso-mosca: David Dvorak x Raulian Paiva
Peso-médio: Jack Hermansson x Edmen Shahbazyan

Card preliminar (17h, horário de Brasília)
Peso-pena: Ricardo Carcacinha x Bill Algeo
Peso-pesado: Ben Rothwell x Chris Barnett
Peso-meio-médio: Court McGee x Cláudio Hannibal
Peso-mosca: Bruno Bulldoguinho x Victor Rodriguez
Peso-pena: Josh Culibao x Yilan Sha
Peso-leve: Yancy Medeiros x Damir Hadzovic
Peso-leve: Rafael Alves x Damir Ismagulov

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade