Com apenas 23 anos, Vinícius Trator possui uma larga experiência nos tatames, sendo considerado um dos bons nomes da nova geração de faixas-preta de Jiu-Jitsu. Campeão nas principais competições que disputou mundo afora como faixa-roxa e marrom, Vinícius foi graduado à preta pelos professores Michael Langhi e Fábio Gurgel aos 20 anos, após seis anos de treinamento intensivo na Alliance. Ao falar sobre a fase atual e as principais armas do seu jogo, o lutador explicou:

“Acredito que minha guarda é um ponto forte, bem completa, e venho trabalhando mais minha passagem de guarda, leg locks e heel hooks para complementar meu jogo no todo. O foco é melhorar todos os pontos e ser o mais completo possível no geral”,  declarou o atleta.

Atualmente, Vinícius tem afiado o jogo na Fight Sports, onde treina ao lado de grandes nomes e promessas do Jiu-Jitsu mundial como Roberto Cyborg, campeão do ADCC, Vagner Rocha, Rodrigo Francioni e Felipe Porto. Em Miami (EUA), onde treina e reside, o atleta pretende criar raízes, montando a sua própria academia e repassando as raízes da arte suave. “Pretendo abrir a minha academia no futuro ou o mais breve possível, mas meu foco em geral não será apenas competição, e sim entregar o melhor Jiu-Jitsu possível em Miami”.

Além dos inúmeros títulos conquistados na carreira, Vinícius foi medalhista de prata na disputa do ADCC, em 2019, considerado o maior torneio de luta agarrada do mundo. O jovem ainda mescla as disputas nos eventos da IBJJF com as superlutas que protagoniza no Fight To Win, organização que realiza combates no grappling. Em busca do sonho de chegar no alto do pódio, Vinícius revelou suas principais metas.

“O ADCC e o Mundial são os meus principais focos, superlutas, acredito que vou fazer em média seis por ano no máximo, mas meu foco sempre será o ADCC e o Mundial”, finalizou o casca-grossa brasileiro.