A resolução da polêmica luta entre os brasileiros Fabrício Werdum e Renan Problema no terceiro card da PFL na temporada regular de 2021, na última quinta-feira (6), foi rápida e o resultado final saiu durante a segunda-feira (10). A Comissão Atlética de Nova Jersey acatou o recurso de “Vai Cavalo” e anulou a vitória por nocaute técnico do goiano e transformou em “No Contest” – ou seja, um combate sem resultado.

Todo o imbróglio aconteceu quando Werdum encaixou um triângulo em Renan Problema, que aplicava golpes no ground and pound. O goiano, neste momento, parece dar dois “tapinhas”, como se estivesse desistindo, então, “Vai Cavalo” solta a posição. O árbitro não paralisou, a luta seguiu e Renan conquistou o nocaute técnico na sequência do embate. O ex-campeão do UFC usou o Instagram para se manifestar.

“Em primeiro lugar, eu gostaria de agradecer à Comissão Atlética de Nova Jersey, ao Sr. Nick Lembo e Sr. Larry Hazzard, pelo trabalho ágil e eficaz, reunindo todas as evidências necessárias para avaliar a situação. Gostaria de agradecer todos os especialistas que ajudaram na análise da situação, e também ao Sr. Juiz Keith Peterson pela cooperação e honestidade comentando o fato ocorrido. Agradecer também ao PFL que forneceu todo o material necessário à Comissão Atlética. Enfim, a justiça foi feita”, escreveu Werdum.

Renan também se manifestou nas redes após a decisão da Comissão Atlética. No entanto, o peso-pesado não quis alimentar polêmica e usou um discurso religioso: “Obrigado, Senhor, por ser tão fiel na minha vida. Só o Senhor sabe de todas as coisas. Tudo que ele faz é perfeito, ele não erra”, publicou o lutador nas redes.

Com a anulação da vitória de Renan e a conversão em “No Contest”, cada atleta fica com um ponto na classificação dos pesados e vão entrar na próxima rodada da temporada regular precisando de uma vitória.