Marcado para acontecer nesta quinta-feira (10), em Atlantic City, nos Estados Unidos, o quarto evento da temporada 2021 da PFL (Professional Fighters League) será especial, pois além dos confrontos da segunda rodada nas categorias peso-leve e peso-pena, a edição vai marcar a estreia de Claressa Shields no MMA. Campeã mundial de duas categorias no Boxe profissional e bicampeã olímpica na modalidade, a atleta vai fazer a luta principal do card e seu debute nas artes marciais mistas será contra Brittney Elkin na divisão dos leves.

Atualmente com 26 anos, Shields conquistou tudo o que se imaginava no Boxe e, desde o fim do ano passado, vem fazendo sua transição para o MMA na academia Jackson-Wink MMA, que conta com nomes como Jon Jones e Holly Holm. Adversária da multicampeã na nobre arte, Brittney Elkin possui um cartel irregular no MMA, com três vitórias e seis derrotas, e coincidentemente, foi também a adversária de estreia de Kayla Harrison, americana que é bicampeã olímpica no Judô e atualmente é a campeã peso-leve da PFL, estando invicta no MMA, com nove triunfos contabilizados.

O evento desta noite também contará com três brasileiros em ação, e eles vão precisar de bons resultados para garantir classificação às semifinais do torneio, que vale o cinturão e prêmios de US$ 1 milhão aos vencedores de cada categoria. Atual bicampeão da categoria peso-leve, Natan Schulte terá pela frente o paraguaio Alexander Martinez, que está invicto no MMA, com oito vitórias. O brasileiro, que na primeira rodada, perdeu para Marcin Held na decisão unânime, passou por uma semana repleta de acontecimentos. Inicialmente, Natan estava escalado para enfrentar Mikhail Odintsov, mas o bielorrusso se lesionou e foi substituído por Raush Manfio, melhor amigo do catarinense. Na véspera do evento, porém, um problema médico forçou Anthony Pettis a ser vetado do evento desta quinta-feira, e a organização, agindo rapidamente, agiu para que Manfio enfrentasse Pettis daqui a duas semanas e Natan Schulte enfrentasse Martinez.

Também na divisão dos leves, Joilton Peregrino, que representa a Alemanha no evento, vai medir forças diante do americano Clay Collard no co-main event da edição. Já na categoria peso-pena, Sheymon Moraes vai encarar Jesse Stirn, também americano. Peregrino foi derrotado por Raush Manfio na decisão dividida na primeira rodada, enquanto Sheymon perdeu para Brendan Loughnane por nocaute no primeiro round.

Vale lembrar que o formato da Professional Fighters League é inspirado nas grandes ligas americanas, nas quais o campeonato é dividido em temporada regular e playoffs. Na PFL MMA, a temporada regular consiste em duas lutas para cada atleta, e cada uma vale pontos na classificação. Uma vitória conta três pontos e o empate vale um ponto. “No Contest” (luta sem resultado) também vale um ponto. Triunfos por nocaute e finalização recebem bônus de acordo com o round em que acontecerem: no primeiro assalto, são três pontos de bônus; no segundo, dois pontos; e no terceiro, um ponto. Ao fim da primeira parte, os quatro melhores classificados de cada categoria passam aos playoffs e se enfrentam por uma vaga na grande decisão, valendo US$ 1 milhão para o campeão de cada uma das classes de peso (seis masculinas e uma feminina).

CARD COMPLETO:

PFL 2021 #4
Atlantic City, em Nova Jersey (EUA)
Quinta-feira, 10 de junho de 2021

Card principal (23h, horário de Brasília)
Peso-leve: Claressa Shields x Brittney Elkin
Peso-leve: Clay Collard x Joilton Peregrino
Peso-pena: Bubba Jenkins x Bobby Moffett
Peso-pena: Brendan Loughnane x Tyler Diamond

Card preliminar (20h, horário de Brasília)
Peso-leve: Natan Schulte x Alex Martinez
Peso-leve: Marcin Held x Olivier Aubin-Mercier
Peso-leve: Akhmed Aliev x Loik Radzhabov
Peso-pena: Sheymon Moraes x Jesse Stirn
Peso-pena: Chris Wade x Arman Ospanov