No senso comum, não há meio-termo. Lyoto Machida e Caratê estão diretamente ligados. Assim, o Karate Combat – maior liga profissional da modalidade – trouxe o lendário lutador brasileiro para atuar como um dos “senseis” (professores) convidados na terceira temporada da organização, que começará em julho.

Machida usará a sua vasta experiência nos tatames e arenas para comentar – e analisar – os principais desafios, além de revelar segredos técnicos que o diferenciaram no mundo dos esportes de combate.

“Ser um dos ‘senseis’ convidados significa muito. É a forma mais eficiente de passar meus conhecimentos para as novas gerações de lutadores e fãs. Se você é carateca, agora você tem dois sonhos: competir nas Olimpíadas e no Karate Combat”, disse o ex-campeão meio-pesado do UFC e atual contratado do Bellator.

“Se o Karate Combat já existisse quando comecei minha carreira, garanto que teria lutado pela organização. A forma como eles misturam tradição com produção moderna é única e sensacional. Agora sou um dos ‘senseis’. Mas quem sabe não poderei estar em ação em breve”, falou o brasileiro, atualmente aos 43 anos.

A terceira temporada está em fase final de produção, e a transmissão no Brasil será anunciada em breve. Sete caratecas brasileiros estarão em ação. “Lyoto Machida é uma lenda viva das artes marciais e uma das figuras mais importantes da história moderna do Caratê. Ele foi o principal responsável em revolucionar a modalidade. Sem ele, talvez o Karate Combat jamais teria sido criado”, contou o presidente Adam Kovacs.