* No dia 26 de junho, Ingridd Alves pode atingir o ápice da sua carreira no Jiu-Jitsu até agora. A faixa-preta da equipe Guigo foi um dos destaques do “The New Star”, garantiu sua vaga na final feminina e vai enfrentar Izadora Cristina em busca do título na próxima edição do BJJ Stars. Em entrevista à TATAME, Ingridd contou sobre a experiência de participar do reality show e o que espera da luta contra a faixa-preta da Dream Art.

“Me senti em um laboratório de Jiu-Jitsu, no melhor sentido possível! Afloramos a fé, o espírito de equipe, os laços de amizade, a competitividade e a sede de vitória, em um ambiente de superação diária, 100% voltado para o nosso esporte. Misture bem tudo isso e você terá o primeiro reality de Jiu-Jitsu da história. Me sinto privilegiada de ter vivenciado essa experiência. A rotina intensa de treinos, os cuidados com alimentação e as tarefas domésticas fizeram voar os 30 dias de confinamento, mas foi bem difícil lidar com a saudade do meu lar, da família, até porque não tínhamos contato externo durante todo esse tempo”, explicou.

Para chegar na final feminina do programa, Ingridd precisou fazer duas lutas, finalizando Rebecca de Albuquerque nas quartas de final e, na semi, superando Victoria Ulrich por 5 a 0. Segundo ela, a questão estratégica foi um dos diferenciais para o seu bom desempenho dentro da casa: “Acredito que meus diferenciais foram frieza e estratégia, pois a técnica em si estava bem parelha entre todas as atletas. Cheguei a estudar cada participante antes mesmo do confinamento. Já lá dentro da casa, apesar de treinar muito duro, reservei uma ou duas cartas na manga para conseguir surpreender minha eventual oponente. A semifinal foi a luta mais difícil, sem margem de erro. Muitas pessoas inclusive ficaram em choque com a minha flexibilidade e chegaram a perguntar se os ligamentos do meu joelho eram de verdade (risos)”.

Natural de Fortaleza, no Ceará, Ingridd deixou para trás sua cidade e família em busca dos sonhos. Hoje, começa a colher os frutos dessa decisão, muito por conta do trabalho realizado com o professor Guigo – responsável por formar diversos campeões mundiais de Jiu-Jitsu – em São Paulo. Entretanto, a lutadora cearense não esquece suas raízes, e celebrou o reconhecimento que vem conquistando através do esporte.

 

“Fico amarradona ao ver minha torcida extrapolando as fronteiras do Ceará. Uma das coisas que mais me emociona é quando chega alguma mensagem dizendo que sirvo de inspiração, seja porque cheguei a pesar mais de três dígitos na balança e era completamente desengonçada ou porque me formei da faixa branca até a preta em um tatame instalado num fundo de quintal… Sinto minhas forças renovadas para pagar o preço de tudo que ainda vou conquistar”, disse, completando sobre a mudança de Fortaleza para São Paulo.

“Como sempre falo, nada acontece por acaso. Larguei tudo na cidade de Fortaleza em busca do sonho de ser profissional em São Paulo, após o Guigo ter aberto as portas para eu integrar o Projeto GuigoPro. Já no meu terceiro dia de academia nova, o Fepa estava lá de visita, gostou do que viu e surgiu o convite para o reality do BJJ Stars. Impossível de recusar, na verdade já era um sonho lutar no evento que mais valoriza o público e os atletas. Para o futuro, quero lutar todos os eventos possíveis, sobretudo os com premiação em dinheiro”.

Por fim, a casca-grossa projetou a finalíssima com Izadora Cristina, no próximo dia 26 de junho, e destacou sua preparação: “Não tenho dúvidas de que vai ser um ‘lutão’. Temos alguns pontos em comum, somos bastante focadas e temos exatamente a mesma estatura, as mais altas entre as participantes do reality. No entanto, sou guardeira e ela é mais chegada nas passagens, então acho que é o encaixe perfeito para empolgar a galera. Sobre os treinos, eu entrego todo o meu planejamento ao mestre Guigo. Ele é um formador de campeões e sabe o caminho das pedras para me ajudar a chegar no topo, primeiro vencendo o ‘The New Stars’. O melhor é vivenciar o camp ao lado dos meus irmãos de equipe. O fechamento aqui é total”.

CARD COMPLETO:

BJJ Stars 6
Sábado, 26 de junho de 2021
Pay-per-view: AQUI

Card principal
Com quimono: Felipe Preguiça x Patrick Gaudio (cinturão peso-pesado)
Sem quimono: Lucas Hulk x Matheus Diniz
Sem quimono: Mahamed Aly x Yuri Simões
Com quimono: Michael Langhi x Claudio Caloquinha

Card preliminar
Com quimono: Gutemberg Pereira x Erberth Santos
Com quimono: Tainan Dalpra x Athos Miranda
Sem quimono: Bianca Basílio x Gabi Fetcher
Com quimono: Izadora Cristina x Ingridd Alves (final The New Star)
Com quimono: Natan Chueng x Lucas Gualberto (final The New Star)
Com quimono: Rudson Mateus x Dimitrius Souza
Com quimono: Dyná Sena x Ershiley Kessy
Com quimono: Matheus Spirandeli x Henrique Ceconi

* Por Diogo Santarém