Líder da equipe Pirâmide Grappling, Marco Aurellio de Queiroz sofreu um acidente inesperado na última semana. O faixa-preta rompeu o tendão de Aquiles jogando Futebol e, já na segunda-feira (31/5), passou por um procedimento cirúrgico para correção do problema. Tudo ocorreu bem. Em declaração à TATAME, Marco explicou um pouco mais sobre a lesão, ressaltando que a pior parte é o longo tempo de inatividade, estimado entre seis e oito meses. Antes do ocorrido, o casca-grossa vivia um bom momento nas competições.

“Fui me aventurar, de lazer, em jogar bola depois de muito tempo e acabei rompendo o tendão de Aquiles. No momento eu não sabia o que era, mas meu fisioterapeuta, Fábio Azevedo, adiantou o diagnóstico e já falou que era para eu ir à emergência. Fiz os testes no hospital, foi comprovado o rompimento e me adiantei para fazer a cirurgia. Fiz a cirurgia na última segunda-feira (31/5), foi tudo bem, é um procedimento simples, mas demorado para voltar. A previsão é de seis a oito meses”, contou o experiente faixa-preta.

Nas redes sociais, Marco Aurellio compartilhou um pouco do que vem sendo a sua rotina e o processo de recuperação, e escreveu: “Lesionado não é estagnado. Quando não é possível treinar fisicamente, podemos aprender de maneiras alternativas. Continuo tentando manter a rotina dentro do meu alcance. Procuro estar presente vendo e ajudando meus companheiros de equipe. Ver e aprender também não deixa de ser um treino pra mim. O foco é me recuperar da melhor maneira possível para voltar melhor do que antes”, disse.

Confira: