No último domingo (6), a organização do Thunder Fight promoveu uma dobradinha de eventos: ao longo do dia, mais de 30 lutas foram realizadas pela Copa Thunder Fight de MMA Amador, e para fechar a noite, nove duelos de MMA profissional ocorreram, esses válidos pelo card do Thunder Fight 27.

Desde o card amador os atletas demonstraram muita vontade, o que refletiu no desempenho dentro do octógono. Ao longo do dia, diversas finalizações e nocautes foram acontecendo, mostrando que o treinamento segue em dia e a estratégia bem alinhada entre os atletas e as suas respectivas equipes.

Na luta principal da noite, fechando a maratona de MMA, Marceu Pasin enfrentou Dayvison Tank, e o que se viu foi um passeio do atleta da Power Lotus, que não tomou conhecimento do seu adversário e conquistou o nocaute técnico no segundo round. Marceu entrou na luta com um ponto a menos por não ter batido o peso no dia anterior. Sabendo disso, o atleta teria que tirar a diferença logo no início do confronto, e foi o que ele fez. De cara, Marceu conseguiu uma queda e dominou Dayvison por cima, aplicando um bom ground and pound e buscando finalizar seu adversário, que resistiu o quanto pôde. No segundo round, Marceu não diminuiu o ritmo e, após nova queda, conseguiu o nocaute técnico contra Tank.

Com o resultado, Pasin soma agora duas lutas e dois triunfos pelo Thunder Fight. A primeira vitória aconteceu em 2018, quando fez sua estreia profissional no Thunder Fight – CBMMAA 3, e agora no Thunder Fight 27.

Janaína Popozinha nocauteia Sarah Filipini

Na luta feminina entre Janaína Popozinha e Sarah Filipini, o público que acompanhava a transmissão ao vivo nas redes sociais do Thunder Fight pôde presenciar o nocaute da noite. Com grande poder de nocaute e menor que sua adversária, Popozinha sabia da missão de encurtar a distância e trabalhar sua trocação. Foi exatamente o que ela fez quando conseguiu se aproximar de Sarah e aplicar um potente cruzado de direita, que praticamente definiu a luta. Diante disso, Janaína trabalhou o ground and pound e viu o árbitro intervir.

O Thunder Fight agora planeja mais uma dobradinha entre Copa Thunder de MMA Amador e Thunder Fight profissional em sua próxima edição, prevista para acontecer no dia 11 de julho, com protocolos da Covid-19.