Preguiça finaliza Gaudio e mantém cinturão do BJJ Stars; Lucas Hulk apaga, mas leva a melhor

Publicidade

Mais uma edição do BJJ Stars, mais um show de Jiu-Jitsu para os fãs. No sexto evento liderado por Fepa Lopes, que aconteceu neste sábado (26), o grande destaque ficou por conta de Felipe Preguiça. Campeão dos pesados, o faixa-preta mineiro finalizou Patrick Gaudio na luta principal para manter o cinturão em sua posse. Nos duelos No-Gi, Lucas Hulk e Yuri Simões derrotaram Matheus Diniz e Mahamed Aly, respectivamente. Já na disputa master entre Michael Langhi e Claudio Caloquinha, melhor para Langhi.

A parte preliminar ainda contou com as finais do “The New Star”, primeiro reality show da história da arte suave. Os campeões foram Lucas Gualberto e Izadora Cristina, que venceram Natan Chueng e Ingridd Alves.

Preguiça finaliza e mantém o cinturão

A luta principal da noite começou com Patrick Gaudio puxando para a guarda e, poucos segundos depois, raspando Felipe Preguiça. Além dos dois pontos, Gaudio ainda anotou uma vantagem por ataque na guilhotina. O campeão, entretanto, não demorou para responder. Preguiça raspou de volta e, com calma, passou a guarda e conseguiu a montada para abrir 9 a 2. O show do mineiro não parou por aí, que ainda foi para as costas de Gaudio e finalizou no estrangulamento para manter o cinturão peso-pesado do BJJ Stars.

Lucas Hulk apaga, mas derrota Diniz

De um lado, o “King Kong” Matheus Diniz. Do outro, o “Hulk” Lucas Barbosa. A expectativa era de um confronto repleto de ação e explosão entre eles, porém, não foi o que aconteceu na maior parte do tempo. O clima esquentou somente no fim, quando Lucas Hulk anotou uma queda que lhe garantiu o triunfo. Matheus ainda colocou o faixa-preta da Atos para dormir nos últimos segundos, causando grande discussão, mas o relógio havia zerado antes da finalização pegar. Agora, a expectativa dos fãs é por um reencontro da dupla.

Yuri Simões bate Mahamed Aly em guerra

O choque de gigantes entre Mahamed Aly e Yuri Simões, que inclusive fez a organização do BJJ Stars montar um tatame maior para esta edição, teve muita força, tentativas de ataque interessantes dos dois lados, mas nenhum ponto. Apesar disso, não faltou emoção, com os árbitros decretando a vitória de Yuri – bi do ADCC.

Alliance vence disputa com Gracie Barra

Em uma luta com menos duração, sair na frente faz a diferença. E foi o que Michael Langhi conseguiu diante de Claudio Caloquinha. No duelo master do BJJ Stars 6, o faixa-preta da Alliance saiu na frente com uma vantagem, resistiu aos vários ataques do casca-grossa da Gracie Barra BH e ficou com o resultado positivo.

RESULTADOS COMPLETOS:

BJJ Stars 6
Sábado, 26 de junho de 2021

Card principal
Felipe Preguiça finalizou Patrick Gaudio com um estrangulamento pelas costas (cinturão)
Lucas Hulk derrotou Matheus Diniz por 2 a 0 nos pontos (No-Gi)
Yuri Simões derrotou Mahamed Aly por decisão dos árbitros (No-Gi)
Michael Langhi derrotou Claudio Caloquinha por uma vantagem após 0 x 0

Card preliminar
Erberth Santos derrotou Gutemberg Pereira por decisão dos árbitros
Tainan Dalpra finalizou Athos Miranda com um estrangulamento arco e flecha
Bianca Basílio derrotou Gabi Fechter por 8 a 0 nos pontos (No-Gi)
Izadora Cristina derrotou Ingridd Alves por 4 a 2 nos pontos (final The New Star)
Lucas Gualberto derrotou Natan Chueng por decisão dos árbitros (final The New Star)
Dimitrius Souza derrotou Rudson Mateus por uma vantagem após 0 x 0
Dyná Sena finalizou Ershiley Kessy com um estrangulamento pelas costas
Matheus Spirandeli derrotou Henrique Ceconi por 6 a 2 nos pontos

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade