Brasil encerra participação no Taekwondo sem medalhas em Tóquio; Judô e Boxe caem na primeira fase

Publicidade

Milena Titoneli ficou muito perto de conquistar a medalha de bronze na categoria até 67kg do Taekwondo nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nesta segunda-feira (26), a paulista de 22 anos foi derrotada pela marfinense Ruth Gbagbi por 12 a 8 em disputa pelo terceiro lugar na Makuhari Messe Hall. Milena tentava igualar o melhor resultado do país no esporte, depois dos bronzes de Natália Falavigna (2008) e Maicon Siqueira (2016).

A brasileira começou o dia com uma vitória sobre Julyana Al-Sadeq (Jordânia), mas na fase seguinte, sofreu o revés para a croata Matea Jelic. Com a chegada da adversária à final, Milena se classificou para a repescagem. Contra a jovem de 17 anos Lauren Lee, do Haiti, Milena foi avassaladora e nem deu chances para a lutadora. Na disputa do bronze, ela manteve o equilíbrio até o último round, mas saiu derrotada no fim.

O Brasil deixa as disputas no Taekwondo sem medalhas. Ícaro Miguel acabou derrotado na primeira luta da divisão até 80kg por Simone Alessio (Itália). Até 68kg, Netinho Marques perdeu na estreia para o turco Reçber.

Brasil sofre eliminações no Judô e Boxe

No terceiro dia do Judô, o peso-leve Eduardo Katsuhiro parou na primeira rodada da categoria até 73kg. O brasileiro foi finalizado pelo francês Guillaume Chaine com uma chave de braço. Já no Boxe, Jucielen Romeu também não passou da primeira luta, sofrendo revés para a britânica Karris Artingstall na divisão até 57kg.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade