Líder do Jequiá Judô comemora retorno dos torneios no Rio com a SuperCopa por Equipes Sênior: ‘Mágico’

Publicidade

Neste sábado (31), no Jequiá Iate Clube, no Rio, acontece o retorno dos eventos da Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro, FJERJ, após quase dois anos. Desde que a pandemia de Covid-19 começou, a entidade suspendeu todo o calendário. A competição que marca a volta é a SuperCopa por Equipes Sênior.

Kodansha Mauro Ramos, responsável pela agremiação Jequiá Judô, que receberá o torneio, comentou que o clube tem uma parceria de longa data com a federação e que a relação entre as partes é extremamente saudável. Já sobre a volta das competições, sensei comemorou o momento especial para modalidade.

“A expectativa é a melhor possível, ficamos um ano e meio de paralisação (sem competições). As paradas foram dos eventos e os treinos conseguimos a duras penas. Depois de setembro do ano passado, conseguimos retomar aos poucos. Está todo mundo pilhado para competir. O que menos importa para os jovens agora é o resultado, eles querem esse prazer e adrenalina de competir. Estamos todos numa ansiedade. É um momento mágico”, disse o sensei Mauro, que terá duas equipes de sênior em ação.

O evento terá seis categorias de peso diferentes e cada equipe poderá ter no máximo nove atletas, sendo seis titulares e três reservas. A FJERJ abriu espaço para os times usarem competidores do sub-18 e sub-21. No masculino as disputas serão da faixa-roxa até a faixa-preta, enquanto no feminino, da verde a faixa-preta.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade