Jared Cannonier supera Gastelum no main event do UFC Vegas 34; Pantoja e Josiane dão show

Publicidade

Realizado neste sábado (21), em Las Vegas, nos Estados Unidos, o UFC Vegas 34 teve um importante confronto válido pela categoria peso-médio em sua luta principal. Atual número 3 do ranking da divisão, Jared Cannonier superou Kelvin Gastelum na decisão unânime dos jurados após cinco rounds de um equilibrado combate. Com o resultado, “The Killa Gorilla”, atualmente com 37 anos, ficou mais próximo de uma chance de lutar pelo cinturão dos 84kg, título que atualmente pertence ao nigeriano Israel Adesanya.

No co-main event, em confronto que foi realizado ao longo de três rounds, Clay Guida e Mark Madsen protagonizaram um embate em grande parte na trocação, porém, com poucos momentos de ação. No fim, o dinamarquês Madsen, que é vice-campeão olímpico no Wrestling, saiu vencedor na decisão dividida dos jurados e manteve sua invencibilidade no MMA profissional, agora com 11 vitórias contabilizadas. Já o veterano Guida, no auge de seus 39 anos, amargou a terceira derrota nas últimas quatro lutas pelo Ultimate.

Também neste sábado, dois brasileiros estiveram em ação e o saldo foi de 100% de aproveitamento. No card principal, Alexandre Pantoja teve atuação segura e venceu o americano Brandon Royval após encaixar um mata-leão no segundo round, aproximando-se de uma disputa de cinturão na categoria peso-mosca. No card preliminar, a estreante Josiane Nunes teve uma atuação de gala e superou a sueca Bea Malecki por nocaute ainda no primeiro assalto.

Cannonier supera Gastelum e se aproxima de title shot

Desde o início na luta em pé, Kelvin Gastelum e Jared Cannonier tiveram um começo de combate estudado. Os dois lutadores apostaram mais nos chutes e em golpes na média distância, mas sem muita ação. No segundo round, o confronto seguiu morno, mas Gastelum ganhou mais confiança e passou a arriscar mais golpes, contabilizando pontos importantes. No terceiro assalto, foi a vez de Cannonier crescer de produção e, com um golpe de esquerda, levar Kelvin a knockdown. O aluno de Rafael Cordeiro absorveu bem o soco recebido e os dois lutadores foram para a trocação, com bons momentos protagonizados por ambos.

Cannonier partiu para cima no início do quarto round e aplicou três golpes em sequência sobre Gastelum, que mais uma vez suportou a pressão do adversário. Na sequência da parcial, os dois lutadores intercalaram golpes e voltaram a deixar a luta bem equilibrada. No quinto e último assalto, Kelvin voltou a arriscar mais golpes e conseguiu uma queda sobre Jared, mas o combate voltou a ficar em pé rapidamente. Kelvin Gastelum seguiu superior e mais ativo até o final do round. O esforço, no entanto, não foi suficiente, e os árbitros decretaram a vitória de Jared Cannonier por unanimidade. Com o resultado, o americano se recupera da derrota para Robert Whittaker e volta a sonhar com uma oportunidade de lutar pelo cinturão dos médios.

 

Pantoja finaliza americano e pede disputa de cinturão

Ainda nos primeiros segundos, Alexandre Pantoja não quis saber de perder tempo e derrubou Brandon Royval. O brasileiro grudou nas costas do adversário e tentou estabilizar a posição, mas o americano mostrou boa defesa e chegou a atacar a perna de Alexandre, mesmo por baixo. Antes do fim do primeiro round, o duelo ficou em pé e foi para a trocação, com bons golpes conectados por Pantoja.

No segundo assalto, os dois lutadores continuaram na trocação franca e Alexandre chegou a sentir um golpe aplicado por Royval, mas absorveu bem o soco recebido e voltou a colocar o combate no solo. Novamente grudado nas costas do americano, o brasileiro dessa vez não desperdiçou a oportunidade e conseguiu a transição para o mata-leão sem maiores dificuldades, forçando os três tapinhas de Brandon. Com o resultado, Alexandre Pantoja emplaca seu segundo triunfo consecutivo no Ultimate e volta a se aproximar de uma disputa de cinturão na categoria peso-mosca.

 

Josiane Nunes estreia com bonita vitória por nocaute

Logo nos primeiros instantes da luta, Bea Malecki e Josiane Nunes partiram para a trocação franca. Mesmo com a desvantagem de altura e envergadura, a brasileira não se intimidou e conseguiu conectar ótimas sequências de golpes na média distância, entre socos, chutes e joelhadas, enquanto a sueca apostava em chutes altos. Quando o primeiro round já se aproximava do fim, a brasileira partiu para mais um ataque e acertou um potente golpe de esquerda, que pegou em cheio no rosto de Malecki, conseguindo o nocaute em uma estreia considerada perfeita na maior organização de MMA do mundo. Com o triunfo, Josiane conquista a oitava vitória da sua carreira, a primeira no UFC, enquanto Bea Malecki perde sua invencibilidade no MMA após quatro triunfos em sequência.

 

Outros destaques

O card preliminar do UFC Vegas 34 foi movimentado e contou com ótimos momentos para os fãs de MMA. Além da boa vitória de Josiane Nunes, outros grandes destaques foram William Knight, que nocauteou Fabio Cherant ainda no primeiro round com um belo golpe de encontro de esquerda, e Ignacio Bahamondes, que à lá Edson Barboza, aplicou um chute rodado espetacular e nocauteou Roosevelt Roberts nos últimos segundos do confronto. Na luta de abertura, Ramiz Brahimaj utilizou sua técnica no Jiu-Jitsu e aplicou um justo mata-leão para finalizar Sasha Palatnikov.

 

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 34
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 21 de agosto de 2021

Card principal
Jared Cannonier derrotou Kelvin Gastelum por decisão unânime dos jurados
Mark O. Madsen derrotou Clay Guida por decisão dividida dos jurados
Parker Porter derrotou Chase Sherman por decisão unânime dos jurados
Saidyokub Kakhramonov finalizou Trevin Jones com uma guilhotina em pé no 3R
Vinc Pichel derrotou Austin Hubbard por decisão unânime dos jurados
Alexandre Pantoja finalizou Brandon Royval com um mata-leão no 2R

Card preliminar
Austin Lingo derrotou Luis Saldana por decisão unânime dos jurados
Brian Kelleher derrotou Domingo Pilarte por decisão unânime dos jurados
Josiane Nunes derrotou Bea Malecki por nocaute no 1R
William Knight derrotou Fabio Cherant por nocaute no 1R
Ignacio Bahamondes derrotou Roosevelt Roberts por nocaute no 3R
Ramiz Brahimaj finalizou Sasha Palatnikov com um mata-leão no 1R

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade