Anderson Berinja lidera barca de dispensas do UFC; Raphael Assunção tem luta agenda para dezembro

Anderson Berinja não faz mais parte do quadro de atletas do UFC, segundo o site MMA Fighting. O brasileiro foi desligado da companhia na sexta-feira (17), após uma passagem de apenas quatro apresentações. Berinja contabilizou três derrotas, sendo a última no último mês de agosto, para Miles Johns, e apenas uma vitória, sobre Martin Day. O peso-galo tem 36 anos, com um cartel de 21 triunfos e nove reveses no MMA.

Além do brasileiro, mais três lutadores também foram dispensados pela organização: o peso-leve Roosevel Roberts, Drako Rodriguez e Jamey Simmons – ambos do peso-galo. Todos vinham de derrotas seguidas.

Raphael Assunção tem luta marcada

Sem lutar desde junho de 2020, Raphael Assunção vai retornar ao octógono no dia 18 de dezembro, quando irá enfrentar Ricky Simón no peso-galo. O duelo foi anunciado pelo site MMA DNA. O brasileiro vive um momento delicado na categoria, com três derrotas seguidas. Seu último triunfo aconteceu em julho de 2018, quando venceu Rob Font por decisão dividida. Já o americano está embalado no UFC, com três boas vitórias.

Apesar do longo período sem competir no Ultimate, Raphael até teve mais compromissos marcados. Primeiro contra o compatriota Raoni Barcelos, mas um acidente e a Covid-19 cancelaram o combate em fevereiro deste ano. Já em julho, por conta de uma lesão, o brasileiro precisou deixar o confronto contra Kyler Phillips.