Em ação nos moscas no UFC 266, Bate-Estaca não descarta retorno aos palhas: ‘Disponível’

Publicidade

Umas das principais atletas de MMA, Jéssica Bate-Estaca estará em ação neste sábado (25), pelo UFC 266, que será realizado na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA). A ex-dona do cinturão dos palhas vive uma espécie de recomeço após ser derrotada na disputa de títulos dos moscas pela campeã Valentina Shevchenko. Na mesma divisão, a atleta da PRVT encara Cynthia Calvillo.

À TATAME, Jéssica comentou sobre o impacto da derrota para Valentina em abril deste ano por nocaute técnico e a nova oportunidade na divisão nesta luta contra Calvillo. No entanto, contou o desejo de retornar para os palhas. A ex-campeã disse que está à disposição da companhia.

“Esse revés para a Valentina pra mim não foi uma coisa tão ruim, perdi para a campeã. Agora é focar de novo e tem essa luta pela frente contra a Calvillo nos moscas, mas eu nunca deixei a hipótese de lutar nos palhas, ou lutar nas duas categorias. Eu só estou esperando o UFC me dá essa oportunidade e poder fazer o meu trabalho. Onde precisarem de mim, estou disponível”.

Confira outros trechos na íntegra:

  • Análise da Calvillo

A Calvillo é uma adversária dura, tem boas quedas de Wrestling. É uma boa grappling, mas estou preparada também para a trocação dela, para a movimentação. Estou treinando bastante a parte de Boxe, então, acredito que estou com o punho mais certeiro. Isso dará mais força para eu entrar mais confiante. Parte de chão, também tenho um bom chão. Mas a leitura é não chegar muito próximo, achar a meia distância e colocar os golpes bem em pé, e acredito que saia um nocaute.

  • Planos dentro do UFC

Eu venho de derrota para a campeã, então, automaticamente é um recomeço. Na verdade, nada tão diferente do que eu já passei em outras categorias. De qualquer forma, temos que ter vitórias, uma caminhada para ter uma chance de disputar o cinturão de novo. Eu tenho muitos planos e não quero só lutar na categoria dos moscas, quero lutar nos palhas também e, provavelmente, vou ter a chance de disputar um cinturão tanto no 57kg (moscas), quanto no 52kg (palhas).

  • Adaptação aos EUA

Tem sido muito bom aqui nos Estados Unidos, consegui me adaptar muito bem. Já fazem quase sete meses que eu estou aqui. Estou me sentido bem acolhida, achei que teria um pouco de dificuldade pelo ar aqui de Las Vegas, mas eu me adaptei rápido. Está sendo maravilhoso. Eu sinto muita falta do Brasil, da minha família, das comidas e tudo mais, mas aqui conhecemos muitos brasileiros, lugares que têm comidas brasileiras. Aos poucos, vamos nos adaptando. 

CARD COMPLETO:

UFC 266
Las Vegas, Estados Unidos
Sábado, 25 de setembro de 2021

Card principal (23h, horário de Brasília)
Peso-pena: Alexander Volkanovski x Brian Ortega
Peso-mosca: Valentina Shevchenko x Lauren Murphy
Peso-médio: Nick Diaz x Robbie Lawler
Peso-pesado: Curtis Blaydes x Jairzinho Rozenstruik
Peso-mosca: Jéssica Bate-Estaca x Cynthia Calvillo

Card preliminar (19h, horário de Brasília)
Peso-galo: Marlon Moraes x Merab Dvalishvili
Peso-leve: Dan Hooker x Nasrat Haqparast
Peso-pesado: Shamil Abdurakhimov x Chris Daukaus
Peso-mosca: Roxanne Modafferi x Taila Santos 
Peso-leve: Uroš Medić x Jalin Turner
Peso-médio: Cody Brundage x Nick Maximov
Peso-meio-médio: Matthew Semelsberger x Martin Sano Jr.
Peso-pena: Jonathan Pearce x Omar Morales

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade