Jones é liberado da prisão após pagar fiança, mas terá encontro com a Justiça em outubro; veja

Publicidade

Preso na última sexta-feira (24), em Las Vegas, nos Estados Unidos, após ser acusado de violência doméstica, lesão corporal e violação de veículo, Jon Jones não se apresentou ao tribunal no sábado (25), como era previsto. O ex-campeão meio-pesado do UFC foi solto ainda na sexta-feira após pagamento de fiança – segundo boletim de ocorrência, um valor de cerca de R$ 43 mil -, e teve agendada uma audiência com a Justiça para o dia 26 de outubro. Nessa data, será analisado o andamento de uma potencial queixa penal contra o lutador.

As informações foram divulgadas inicialmente pelo repórter Marc Raimondi, da ESPN americana, que informou ainda que um juiz fará análise do caso envolvendo “Bones”, para então decretar se existe uma razão para manter a amostra de DNA de Jon Jones, colhida logo após a prisão do atleta. A decisão, vale ressaltar, será feita pelo oficial em seu gabinete e não vai contar com a presença do lutador e nem de seu advogado.

Jon Jones foi preso um dia após ser homenageado pelo UFC ao ser imortalizado no Hall da Fama da organização. O americano, atualmente com 34 anos, foi encaminhado à uma delegacia de Las Vegas sob acusação de agressão por violência doméstica e por “tampering” com um veículo, prática que envolve desde roubos pequenos de itens em veículos abertos ou destrancados até adulteração de veículos com intuito de machucar outras pessoas.

Histórico de problemas com a polícia

Vale ressaltar que Jon Jones possui um longo histórico de problemas com a polícia. Antes do caso da última sexta-feira, o americano, que não luta desde fevereiro de 2020 pelo UFC, já havia enfrentado problemas em março do ano passado, quando foi preso em Albuquerque, no Novo México (EUA), por dirigir embriagado e por uso indevido de arma de fogo.

Antes disso, o ex-campeão meio-pesado do Ultimate acumula mais delitos. Em 2019, Jon Jones foi acusado de molestar uma dançarina em uma casa noturna. Já em 2015, se envolveu em um acidente de trânsito com outros três carros e acabou fugindo do local. No ano de 2012, outro acidente com automóvel, onde, embriagado, bateu com seu carro em um poste.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade