Neiman não quer ser mais ‘bonzinho’ e explica favoritismo de Gordon sobre Galvão; assista

Publicidade

Na última apresentação no cage do Bellator, no fim de setembro, Neiman Gracie precisou de apenas 1m42s para conquistar o primeiro nocaute da carreira e se recuperar do revés para Jason Jackson. A vítima foi Mark Lemminger. O faixa-preta de Jiu-Jitsu, em entrevista ao Canal do Marinho, do jornalista Mario Filho, comentou que teve uma mudança comportalmental.

Confira + vídeos no Canal do Marinho, AQUI

“Acabou esse negócio de ser bonzinho com os outros ali dentro (do cage). Eu tive fair play, e o Renzo quase me matou depois (risos). Ele me comeu no esporro, falou que eu sou muito bonzinho. Nessa luta eu entrei puto, com a faca no dente e foi isso, entrei para matar mesmo”.

Durante a primeira parte do bate-papo, Neiman falou abertamente sobre diversos temas, inclusive a aguardada luta entre Gordon Ryan e André Galvão no ADCC. O Gracie treina com o americano e destacou o favoritismo para o companheiro de equipe diante do líder da Atos.

“Eu sou suspeito para falar, porque eu treino com o Gordon desde que ele era faixa-azul. Desde que ele estava magrinho, depois ficou grandão, eu vi tudo isso ele passando. Se tiver focado, bem da barriga, porque ele teve problema no estômago, acho muito difícil alguém ganhar do Gordon hoje em dia. Ele está muito completo e com um Jiu-Jitsu muito parecido com o do Roger (Gracie), que não perde posição e sempre finaliza. Acho que dá Gordon”, concluiu o faixa-preta.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade