Agora na Chute Boxe Diego Lima, Alan Nuguette promete mostrar ‘nova versão’ em sua próxima luta no UFC

Publicidade

Depois de alguns anos morando e treinando na Flórida (EUA), Alan Nuguette está de volta ao Brasil, mais precisamente a São Paulo (SP), onde agora integra a equipe Chute Boxe Diego Lima, lar do atual campeão peso-leve do UFC, Charles Do Bronx. Sem vencer uma luta no Ultimate desde 2018, o veterano busca, com sua chegada ao novo time, apresentar uma nova versão de si mesmo dentro do octógono e, com isso, retomar o caminho das vitórias na principal organização de MMA do mundo.

E, ainda que a chegada na nova equipe tenha sido recente, o peso-leve já consegue enxergar sua evolução. A ponto de prometer apresentar uma versão sua aprimorada, com o espírito ‘Chute Boxe’, já em seu próximo compromisso. E não vai demorar para que Nuguette possa colocar em prática o que tem aprendido sob a batuta do mestre Diego Lima.

No próximo dia 23 de outubro, o veterano medirá forças novamente contra o galês Mason Jones, no card do UFC Fight Night 196, em Las Vegas (EUA). O encontro marca a revanche entre os dois atletas, que se enfrentaram pela primeira vez em junho deste ano, em confronto que terminou em “No Contest” (sem resultado), após Nuguette ser atingido por uma dedada acidental no olho e ficar impedido de seguir na peleja.

“Pode esperar um cara mais forte, mais aguerrido, com mais vontade de lutar. O espírito Chute Boxe, aquele de guerra, entrar lá para sangrar e para matar. A gente sobe sempre para matar, para ganhar, em busca sempre da vitória. Isso que a galera pode esperar desse novo Nuguette”, prometeu o peso-leve, que destacou a intensidade dos treinos na nova equipe como grande diferencial para sua evolução.

“O Nuguette de hoje não é o mesmo de seis meses atrás. Esse treinamento que eu venho fazendo há três semanas na Chute Boxe já mudou muita coisa. Estou apanhando muito aqui desses caras e aprendendo horrores. É como eles dizem, a Chute Boxe é feita no aço, porrada o tempo todo”, afirmou.

O otimismo do peso-leve não é abalado sequer pela situação delicada que vive no UFC, tendo em vista a sequência sem vitórias. Apesar de ressaltar o desejo de voltar a triunfar no octógono mais famoso do mundo, Alan Nuguette se disse tranquilo quanto ao seu futuro na organização, independentemente do resultado final de sua próxima luta.

“Não estou preocupado com isso. Eu sou um cara que trabalha duro para me manter no UFC. Perdendo ou ganhando, são lutas empolgantes. Não faço luta amarrada. Eu sempre dou o meu melhor, em busca do show. Mas eu quero ganhar, quero voltar para o rumo das vitórias, é muito bom sentir essa sensação”, concluiu o lutador.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img