Anthony Pettis crava o ‘maior peso-leve de todos os tempos’ e afirma: ‘Foi pioneiro em tudo’

Ex-campeão do WEC e do UFC, Anthony Pettis crava quem, na sua opinião, foi o "maior de todos os tempos" na categoria peso-leve; confira mais

Anthony Pettis crava o ‘maior peso-leve de todos os tempos’ e afirma: ‘Foi pioneiro em tudo’

Ex-campeão do WEC e do UFC, Anthony Pettis disse quem, na sua opinião, é o "maior de todos os tempos" no peso-leve (Foto: Divulgação/PFL)

Ex-campeão peso-leve do WEC e do UFC, Anthony Pettis acredita que o lendário BJ Penn foi fundamental para o sucesso da categoria peso-leve ao longo dos anos. Recentemente, o atleta norte-americano fez uma lista onde revelou quais são, na sua opinião, os cinco maiores pesos leves de todos os tempos.

Em entrevista ao “Low Kick MMA”, Anthony Pettis afirmou que, para ele, BJ Penn foi o maior de todos os tempos na divisão dos leves. Penn, vale lembrar, defendeu o cinturão dos 70kg no UFC por três vezes, vencendo Sean Sherk, Kenny Florian e Diego Sanchez. O faixa-preta de Jiu-Jitsu também foi campeão do Ultimate na categoria dos meio-médios.

“(Eu) preciso falar o nome de BJ Penn. Quero dizer, BJ Penn é um dos pioneiros de tudo isso. Sem BJ, nada disso seria possível. Ben Henderson também está entre os cinco primeiros (maiores de todos os tempos no peso-leve). Você tem que ir com Khabib (Nurmagomedov). Ele, definitivamente, está nessa lista – um cara dominante, que nunca foi derrotado. Dustin Poirier é outro cara que está na minha lista dos cinco primeiros, e eu me colocaria também”, disse o “Showtime”.

Por outro lado, Anthony Pettis considera que ainda é “muito cedo” para incluir o atual campeão peso-leve do UFC, Islam Makhachev, na prateleira dos maiores lutadores da história da categoria, mas acredita que o russo tem “todo o potencial” para se tornar um dos maiores da história entre os lutadores dos 70kg.

“Ele ainda tem muito trabalho a fazer. Ele acabou de vencer (Alexander) Volkanovski, e Volkanovski é um lutador incrível – mas não é um peso-leve. Ele não tem nenhuma vitória contra um Top 10 dos leves, então acho que, assim que ele puder provar seu valor, ele é um lutador tremendo, mas ainda tem muito trabalho a fazer”, finalizou.

Atualmente com 36 anos, Anthony Pettis contabiliza 25 vitórias e 14 derrotas em seu cartel no MMA profissional. Como já citado, o americano foi campeão peso-leve no WEC e no UFC, onde teve uma longa passagem. Logo depois, o “Showtime” foi contratado pela PFL (Professional Fighters League), onde não teve um bom desempenho, com quatro reveses sofridos em cinco lutas na organização.

BJ Penn, que está aposentado do MMA, tem 44 anos e, em sua carreira, contabilizou 16 triunfos, 14 derrotas e dois empates. Considerado um dos grandes lutadores da história do UFC, sendo campeão no peso-leve e nos meio-médios, o faixa-preta de Jiu-Jitsu teve um fim de carreira melancólico nas artes marciais mistas, com sete reveses consecutivos, o último deles em maio de 2019, quando foi derrotado por Clay Guida no UFC 237, no Rio de Janeiro.

BJ Penn foi campeão do UFC no peso-leve e nos meio-médios (Foto: Christian Petersen/Zuffa LLC/Zuffa LLC via UFC)

BJ Penn foi campeão do UFC no peso-leve e nos meio-médios (Foto: Christian Petersen/Zuffa LLC/Zuffa LLC via UFC)

Para mais notícias sobre Anthony Pettis no UFC, clique aqui