Após algumas negociações frustradas com o UFC, José Aldo pede duelo de ex-campeões contra Dominick Cruz: ‘Grande luta para fazer’

Publicidade

Depois de três derrotas no peso galo, José Aldo conseguiu seu primeiro triunfo na categoria ao bater Marlon Vera por decisão no fim de 2020. Após “aceitar” enfrentar Cody Garbrandt, que já teve posse do cinturão da divisão até 61kg, o UFC – segundo o brasileiro – não quis casar o duelo e lhe ofereceu luta contra Rob Font.

Aldo, ex-campeão dos penas, contou ao site MMA Fighting que espera, então, uma disputa com Dominick Cruz, ex-campeão peso-galo da franquia: “É uma grande luta, Dominick e eu, por causa da nossa importância (no esporte). Fomos campeões do WEC e depois chegamos ao UFC como campeões, então é uma grande luta para se fazer”, disse o brasileiro, que seguiu elogiando o histórico do americano no MMA.

“Ele é um grande lutador, sempre teve ótimas atuações. Se não fossem pelas lesões, ele ainda estaria lutando pelo título no topo. As lesões têm sido um problema para ele. Estou na pista de dança sem um parceiro de dança (risos). Mas já faz um tempo que pedimos por Dominick Cruz e essa é uma luta que todo mundo pede. Esperamos lutar com ele. Mas eu não sei se isso vai acontecer, certo?”, apontou o lutador da Nova União.

As lesões são um fardo na carreira de Dominick. O ex-campeão ficou quase quatro anos sem competir. Na última aparição, Cruz venceu Casey Kenney por decisão dividida no UFC 259, realizado em março deste ano.

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidadespot_img