Após exibição categórica contra Woodley, Durinho ‘pede’ title shot contra Usman: ‘Eu quero lutar pelo cinturão’

Publicidade

Gilbert Durinho impressionou o mundo do MMA com uma performance impecável no último sábado (30) sobre o ex-campeão Tyron Woodley. O duelo aconteceu na luta principal do UFC on ESPN 9, disputado em Las Vegas (EUA). Após a exibição, com dois jurados assinalando 50×44 e um 50×45, o que reflete o amplo domínio, o brasileiro aproveitou o momento e pediu para ser o próximo desafiante.

Em entrevista com Daniel Cormier, Durinho disse que tem uma profunda admiração por Kamaru Usman, que é o campeão dos meio-médios e seu companheiro de treino. No entanto, o lutador, que registra seis vitórias seguidas, garantiu que pode lutar até no próximo mês de julho, se o UFC quiser.

“Eu adoro o campeão, meu parceiro de treino, Kamaru Usman, mas me dá uma chance Dana White, Hunter, Sean Shelby. Kamaru, eu quero lutar pelo cinturão. Eu tenho muito respeito e muito amor por você, mas acho que sou o próximo. Eu sou o próximo da lista. Ele derrotou um ex-campeão e eu acabei de derrotar da mesma maneira. Não sei, talvez até melhor. Eu quero lutar pelo cinturão. E se eles quiserem fazer uma luta em julho, vamos lá, estou sem lesões. Acabei de derrotar o ex-campeão e não tenho nenhum arranhão, nada. Eu posso lutar em julho”, disse o brasileiro, que recebeu elogio de diversos lutadores nas rede sociais.

O campeão da categoria dos meio-médios, Usman, também se manifestou. Através do Twitter, o nigeriano parabenizou o triunfo de Durinho e disse: “grande performance”.

Confira abaixo a entrevista:

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade